Traduza este blog

domingo, 30 de setembro de 2018

Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. Salmos 128: 1-2




Desde o Éden, o diabo tem investido contra a família, mas a Bíblia deixa claro que Deus criou essa instituição e Ele tem um propósito a cumprir na família daqueles que não desobedecem aos Seus princípios. Família é a base da sociedade e por isso tem sido alvo daqueles que ignoram os mandamentos do Senhor. O inimigo sabe que se desestabilizar a família poderá controlar a sociedade e exercer o governo sobre nós. Por isso devemos nos apoiar na Palavra e resistir às setas de satanás, tendo como escudo a observância ao que nos ensina o Senhor Jesus. Aquele que teme ao Senhor verá a prosperidade, a paz e a alegria. Não a paz, a alegria e a prosperidade oferecida pelo mundo, efêmeras e baseada em corrupção e desordem. O Senhor quer trazer a restauração e salvação nos lares daqueles que são tementes a Ele.

Deus faz que o solitário viva em família; liberta aqueles que estão presos em grilhões; mas os rebeldes habitam em terra seca. Salmos 68:6


sábado, 29 de setembro de 2018

E ele os tomou das suas mãos, e trabalhou o ouro com um buril, e fez dele um bezerro de fundição. Então disseram: Este é teu deus, ó Israel, que te tirou da terra do Egito. Êxodo 32:4




Essa passagem no faz lembrar que os mandamentos do Senhor continuam valendo, ao contrário do que muitos pensam e do que a sociedade insiste em propalar. Deus não divide Sua glória com ninguém e não se agrada daqueles que quebram os princípios por Ele estabelecidos. Arão ignorou a orientação de Deus e se apoiou em falsos deuses, feitos pelas mãos humanas, assim como tantas pessoas que, apesar de terem a oportunidade de conhecer a Palavra do Senhor, depois de serem libertos da escravidão e da ignorância sobre o pecado. Arão fez um bezerro de ouro e o colocou no lugar de Deus, atendendo ao pedido do povo acostumado à idolatria comum no Egito. Mas Deus é Espírito e quer ser adorado em espírito e não quer que Seu povo faça bezerros de ouro nem apoie sua fé em falsos deuses, por isso continua nos dizendo: 
  
Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. Êxodo 20:2-5

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

O Senhor é a minha força e meu escudo. Nele o meu coração confia e dele recebo ajuda. Meu coração exulta de alegria e com meu cântico darei graças. Salmos 28:7



Nos momentos em que tudo parece não dá certo e que tudo parece ser contra nós, quando nos sentimos fracos e incapazes, precisamos ouvir a voz de Deus e nos lembrarmos de que Ele é maior do que todos os nossos problemas. Precisamos exclamar como o salmista, reconhecendo Nele o nosso escudo. Se servimos a um Deus forte, que nos ama e cuida de nós, devemos saber que Ele nos fortalece e renova nossas forças e é o nosso escudo de proteção, por isso podemos exultar. Nele podemos depositar nossa esperança certos de que somos amados e protegidos por Ele, podemos entender o que nos diz o profeta Isaías 40:31

Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.


quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Mas a mulher de Ló olhou para trás e ficou convertida em uma estátua de sal. Gênesis 19:26



A Palavra de Deus explícita nesse versículo nos faz refletir sobre a necessidade de buscarmos uma experiência individual com o Senhor. Somos herdeiros da promessa feita a Abraão, mas a escolha de tomar posse dela é nossa, pessoal e intransferível. À família de Ló foi dada a oportunidade de sair daquela cidade de perdição, mas a mulher dele preferiu olhar para trás e se converter em uma estátua de sal, assim como muitos que, tendo a oportunidade de conhecer a Deus, seguir Seus passos e sair do mundo de miséria moral e espiritual, preferem olhar para trás e dar as costas à Palavra de Deus. por isso Jesus nos adverte em Lucas 17:32-33

Lembrai-vos da mulher de Ló. Qualquer que procurar preservar sua vida perde-la-á. E qualquer que a perder acha-la-á.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

E o Senhor lhe disse: Porquanto eu hei de ser contigo, tu ferirás aos midianitas como se fossem um só homem. Juízes 6:16




Quando temos uma visão errada a nosso respeito nos deixamos levar pelo sentimento de inferioridade que nos limita e nos faz enxergar nossos problemas como gigantes que nos oprimem e não conseguimos ver diante de nós a solução. Esse sentimento não deixa perceber que Deus é maior do que nossos problemas e que nos capacita a resolvê-los apesar de nossa limitação. Assim como fez a Gideão, o Senhor faz, tirando de nós todo o medo e o sentimento de derrota. Precisamos saber que somos como o Criador nos vê. Ao nos sentirmos fracos e incapazes, precisamos ouvir a voz de Deus e nos lembrarmos de que Ele é maior do que todos os nossos problemas, contatando como Paulo em Romanos 8:31.

Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Um semeador saiu a semear a sua semente e, quando semeava, caiu alguma junto do caminho, e foi pisada, e as aves do céu a comeram. Lucas 8: 5



A Palavra de Deus é como o sol, nasce para todos, mas alguns, por escolha ou por outros fatores, permanecem à sombra. Jesus nos mostra que a maneira como recebemos a Palavra de Deus em seu coração determina o tipo de fruto que ela vai gerar. Alguns, mesmo conhecendo a Palavra, preferem deixá-la de lado e viver conforme o entendimento baseado nas instruções mundanas e, assim permanecem nas sombras e na escravidão.

Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:31-32


segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares. Salmos 51:4




A história de Davi nos mostra o significado do verdadeiro arrependimento e nos ensina como agir diante do reconhecimento de nossos pecados. Deus não se agrada de sacrifícios, mas espera a nossa mudança de atitude quando percebemos ou somos confrontados pelos nossos erros. Arrepender-se é voltar ao lugar de origem e verdadeiramente deixar de fazer aquilo que é visto como erro. Arrependimento gera mudança de vida, ao contrário do remorso que apenas gera não produz mudança. Os dois sentimentos são marcados por grande tristeza e aflição, porém são completamente diferentes um do outro. O remorso é tristeza pelas consequências de um pecado, mas não pelo pecado em si. A chave para que o verdadeiro arrependimento seja gerado em nosso coração é compreendermos que somos filhos de Deus e que quando pecamos entristecemos o coração do Pai, pois o arrependimento está ligado ao modo como o pecado afeta nosso relacionamento com Deus, ao contrário do remorso, conforme nos ensina Paulo em 2 Coríntios 7:10

A tristeza segundo Deus produz um arrependimento que leva à salvação e não remorso, mas a tristeza segundo o mundo produz morte.


domingo, 23 de setembro de 2018

E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra. E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus. Deuteronômio 28:1-2




A Palavra de Deus deixa muito clara que o Senhor não atende a oração daqueles que estão vivendo deliberadamente em pecado, o que inclui aqueles que já conhecem a palavra de Deus e escolheram continuar na prática do mal. Muitos desejam ver suas orações atendidas e julgam que Deus não os ouve. É preciso compreender que a promessa de benção é para os que conhecem a vontade do Senhor e praticam os Seus ensinamentos. A Bíblia nos mostra a razão de muitas vezes não termos nossas orações atendidas.

Aquele que faz ouvidos surdos à lei de Deus, até as suas orações são desprezíveis. Provérbios 28:9



sábado, 22 de setembro de 2018

Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos? João 6: 9




Nessa passagem aprendemos uma grande lição: precisamos ser solidários e gratos para sermos abençoadores e multiplicadores. No meio daquela multidão, vemos um rapaz que tinha pouco, mas se dispôs a doar tudo o que tinha. Mesmo que tenhamos pouco para oferecer, quando nos dispomos a dar, Deus opera o milagre da multiplicação, e assim podemos ser benção na vida muitos. Isso vale para todas as áreas de nossa vida. Se não temos dinheiro, podemos doar nosso tempo, nossa atenção àquele que precisa de uma palavra de conforto. Podemos dedicar parte de nosso tempo empregando para Deus e para o próximo um dom que temos e que, certamente, vem de Deus. Quando ofertamos nossos recursos e talentos eles nos são multiplicados de tal forma que sobejam. Devemos, portanto, colocar nossos dons a serviço do Senhor, dividir as bênçãos e ser gratos pelo que recebemos. Essa é o princípio da multiplicação.

Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. 1 Tessalonicenses 5:18


sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Estive cercado de perigos de morte, e ondas de destruição rolaram sobre mim. A morte me amarrou com as suas cordas, e a sepultura armou a sua armadilha para me pegar. Salmos 18: 4-5




O ser humano inevitavelmente passa por situações adversas que, muitas vezes, lhes são duras demais para que possa suportar sozinho. Nessas horas, aqueles que não conseguem enxergar uma saída, não encontram um amigo em quem confiar para abrir o coração, pensam em pôr fim à vida, ou chegam a essa forma extrema. O salmista viveu momentos de angústia e, assim como muitos se viu isolado com seus pensamentos que poderiam tê-lo levado a dar cabo de sua vida. Cercado de laços de morte, ele se lembrou de clamar por ajuda. Como Davi, quando passamos por momentos de luta interior, sobretudo, precisamos de Deus. Mas é nessa hora que Deus usa pessoas para nos ajudar. Por isso, devemos abrir nosso coração para receber ajuda e entender que

Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida, que Deus prometeu aos que o amam. Tiago 1:12


quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração estão os caminhos aplanados. Que, passando pelo vale de lágrimas, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques. Salmos 84: 5-6





Passar pelo vale de lágrima é inevitável aos seres humanos, independente de sua condição social ou financeira. Todos, inevitavelmente, enfrentam dores e sofrimentos em algum momento da vida. Mas a Bíblia nos ensina que esse vale é somente uma passagem, não é o nosso lugar, tampouco nosso objetivo. O salmista nos mostra que, ao passar por vale, quando enfrentamos situações que estão além de nossos recursos e forças, seremos bem-aventurado se colocarmos nosso coração em Deus e deixamos que Ele esteja no centro conduzindo nossos passos. Aquele que se firma em Deus atravessa o vale com serenidade, pois se nossos recursos são limitados os recursos do Pai são infinitos e vêm na proporção da nossa necessidade se Nele confiarmos.

Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Salmos 126:5


quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Agora que fomos aceitos por Deus pela nossa fé nele, temos paz com ele por meio do nosso Senhor Jesus Cristo. Foi Cristo quem nos deu, por meio da nossa fé, esta vida na graça de Deus. E agora continuamos firmes nessa graça e nos alegramos na esperança de participar da glória de Deus. Romanos 5: 1-2





A Palavra de Deus nos ensina que vivemos por uma esperança e essa esperança tem nome: Jesus. No entanto, por desconhecermos quem Ele é e o poder que há Nesse nome nos deixamos abater por simples problemas e assim nos envolvemos com as coisas desse mundo e trocamos a vida eterna por momentos passageiros, permitindo que o pecado nos contamine provocando frustrações e consequentemente tristezas profundas porque nos esquecemos do Autor da nossa fé. Quando entendemos que vivemos por um propósito muito maior e que nossos fundamentos não estão nas coisas desse mundo, colocamos nosso coração e nossos planos com total confiança Naquele que tudo pode a fim de vivermos uma vida plena. O apóstolo Paulo nos ensina em sua carta aos Romanos 12:12 a alegrar-nos na esperança, a sermos pacientes na tribulação, e a perseverarmos na oração. Para enfrentarmos as contradições e as seduções do mundo devemos pedir como o salmista:

Sustenta-me conforme a tua palavra, para que viva, e não me deixes envergonhado da minha esperança. Salmos 119:116

terça-feira, 18 de setembro de 2018

E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém. Mateus 6: 13




O trecho em epígrafe é parte da oração que o próprio Senhor Jesus nos ensinou, quando foi perguntado pelos discípulos sobre como devemos orar. O Senhor nos deu a fórmula, mas não deixou claro que ela não deve ser um mantra, um mero texto a ser repetido. Ele nos mostrou como devemos nos fazer e em que devemos focar para que a oração atinja o seu propósito na essência. Quando pedimos a Deus que nos livre das tentações, porque somos naturalmente propensos ao pecado, precisamos pedir a Deus que Ele crie circunstâncias que nos impeçam de cair. Precisamos pedir forças para superar nossas fraquezas e, sobretudo, nos dispor a obedecer confiando que Ele nos fortalecerá, pois o poder de Deus se aperfeiçoa na nossa fraqueza   

Esforçai-vos, e ele fortalecerá o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor. Salmos 31:24

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Estive cercado de perigos de morte, e ondas de destruição rolaram sobre mim. A morte me amarrou com as suas cordas, e a sepultura armou a sua armadilha para me pegar. Salmos 18: 4-5



A Bíblia é um livro completo e seus personagens são seres humanos que passaram dores e lutas semelhantes às que vivemos hoje. Do homem anônimo ao rei famoso e até mesmo o Senhor Jesus vemos que passaram por momentos difíceis e nos quais tivéramos sentimentos terríveis como a depressão e o desejo de por fim à vida. A passagem descrita pelo salmista no texto em epígrafe nos mostra um desses momentos quando o grande rei Davi se assemelha aos simples súdito ou a nós que enfrentamos o peso da ansiedade e da angústia decorrente dos problemas cotidianos. Sabemos que a pior solidão é a solidão da alma, quando mesmo rodeados de pessoas, pensamos estar sozinhos. Mas se nossa confiança estiver em Deus o Senhor e só Ele confortará verdadeiramente o nosso coração e nos livrará dos laços da morte.

Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor. - Salmos 27:14

domingo, 16 de setembro de 2018

Quando ouviu falar de Jesus, chegou-se por trás dele, no meio da multidão, e tocou em seu manto, porque pensava: "Se eu tão-somente tocar em seu manto, ficarei curada". Marcos 5: 27




O episódio narrado pelo evangelista Marcos nos leva a refletir sobre o quanto a fé pode ser o motor que nos impulsiona a ir ao encontro de Jesus, apesar dos obstáculos. Jesus opera os mesmos milagres ainda hoje, pois Seu propósito não é passageiro como são os humanos. Se uma multidão nos impede de chegar até o Senhor, precisamos agir como aquela mulher cuja fé firmou nela a convicção de que se simplesmente se aproximasse de Jesus seria curada de uma enfermidade que a incomodava há vários anos. Para aqueles que creem nos sinais de Deus não multidão que impeça a aproximação do Senhor Jesus e a cura para qualquer enfermidade no corpo ou na alma, pois como nos diz o profeta Isaías 53:4

Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.

sábado, 15 de setembro de 2018

O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. João 10: 10



A Bíblia é muito clara em afirmar em afirmar que, quando abrimos brechas em nossa vida para que o diabo aja, consequentemente, damos legalidade a ele para que roube nossa paz, mate nossos sonhos e destrua nosso relacionamento com Deus. O apóstolo João nos lembra que, enquanto o diabo tem como objetivos roubar, matar e destruir Jesus tem o propósito de nos dar a vida e para isso empenhou s Sua própria vida e por nós se entregou na cruz para nos livrar da morte. Mas, ao contrário do inimigo de nossas almas, Jesus nos permite escolher e aqueles que seguem a Deus e estão guardados e guiados por Ele estão seguros como diz a apóstolo Paulo aos Romanos 8:33

Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.



sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Tendo, pois, Davi servido ao propósito de Deus em sua geração, adormeceu, foi sepultado com os seus antepassados e seu corpo se decompôs. Atos 13: 36



A Palavra de Deus nos ensina a buscar um propósito para nossa vida, ancorando nossos projetos aos propósitos divinos, pois o Criador nos formou e nos e nos escolheu para sermos os reveladores de Cristo por meio de nosso testemunho. A história de Davi nos mostra que o sentido de uma vida consagrada a Deus nos torna completos e diferentes. Quando estivermos no centro da vontade de Deus veremos a Sua glória sendo revelada por meio de nós e cumpriremos o propósito de Deus em nossa geração, como nos diz o apóstolo Paulo em 1
Coríntios 3:9

Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.


quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta. Hebreus 12:1



O escritor de Hebreus nos lembra de que tudo o que fazemos é de conhecimento Senhor, assim como também o sabe o inimigo de nossa alma. Tudo o que fazemos no mundo físico tem um reflexo no mundo espiritual, por isso precisamos resistir ao pecado, pois ele nos aprisiona e nos mantêm cativos e nos impede de alcançar os propósitos maiores que Deus tem para nós. Precisamos resolver nossas pendências e nos desvencilhar de tudo aquilo que tem nos embaraçado e nos impedido de prosseguir e nos afasta da presença de Deus. A Palavra de Deus,  nos ensina a tomar uma atitude diante do pecado, resistindo ao pecado, sabendo que Deus tem coisas melhores para nós, por isso Tiago nos exorta

Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Tiago 4:7


quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Tu, a quem tirei dos confins da terra, chamei desde os seus cantos e te disse: Tu és o meu servo, Eu te escolhi e não te rejeitei; Isaías: 41: 9


Deus sabe de todas as coisas e lutas as nossas batalhas. Essa é a mensagem que o profeta Isaías nos transmite. Precisamos compreender que quando passamos por problemas Deus não está alheio, mas se Ele permite que enfrentemos problemas e que as lutas nos sobrevenham também nos dará a solução e a força necessária para vencermos. Se darmos a Deus a primazia em nossa vida diária, Ele nos abençoará além das nossas expectativas

Entrega teu caminho ao Senhor, confia Nele e o mais Ele fará. Samos 37:5

terça-feira, 11 de setembro de 2018

E, olhando para eles em redor com indignação, condoendo-se da dureza do seu coração, disse ao homem: Estende a tua mão. E ele a estendeu, e foi-lhe restituída a sua mão, sã como a outra. Marcos 3: 5




O evangelista Marcos narra um dos milagres realizados por Jesus e nos mostra que Ele sempre tem o melhor propósito, pois Seus objetivos são de curar, ensinar, animar, amparar, consolar, amar e perdoar. Todavia, assim como naquela época, ainda hoje há homens que apenas enxergam o mal e usam de meias verdades, ou de sofismas para induzirem os outros ao erro, partindo de um argumento que pode parecer correto, mas é enganoso. Vemos que queriam condenar Jesus por curar um homem aos sábados. Jesus conhecia o sofrimento daquele homem e o que o movia a curá-lo era a compaixão pelo sofrimento. Jesus é o mesmo de sempre e permanece atento aos nossos sofrimentos e dores, por isso nos pede para estender a mão para que Ele aja. Estender a mão significa levar a Ele nossos problemas, nossas dores e angústias latentes. Significa apresentar-Lhe nosso problema, e o nosso pecado. Sabendo que somente Ele tem o perdão, a cura e a solução para todos os nossos males, podemos receber a cura e as bênçãos que Ele reserva aos que O ouvem atentamente.

Porque o Filho do homem até do sábado é Senhor. Mateus 12:8. E disse-lhes: O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado. Marcos 2:27.


segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Mas ele me respondeu: “A minha graça é tudo o que você precisa, pois o meu poder é mais forte quando você está fraco.” Portanto, eu me sinto muito feliz em me gabar das minhas fraquezas, para que assim a proteção do poder de Cristo esteja comigo. Eu me alegro também com as fraquezas, os insultos, os sofrimentos, as perseguições e as dificuldades pelos quais passo por causa de Cristo. Porque, quando perco toda a minha força, então tenho a força de Cristo em mim. 2 Coríntios 12: 9-10



O apóstolo Paulo nos faz refletir sobre como devemos ser dependentes de Deus, o que parece loucura ou motivo de troça para aqueles que não conseguem compreender o modo como Deus age em nossa vida. Só podemos entender o que Paulo nos diz quando entendemos que Deus é soberano, onisciente, onipresente e que tudo pode, mas só age se nos esvaziarmos das forças que imaginamos ter. Quando deixamos com o Senhor o controle de nossas vidas, nos momentos em que nos sentimos completamente impotentes, quando nos vimos incapazes de agir e clamamos a Deus vemos que Ele age milagrosamente. Mas quando insistimos em agir com nossas forças, estratégias e atalhos somente aumentamos a luta e o sofrimento, porque o Pai nos diz, assim como disse aos israelitas em 2 Crônicas 20:15b

Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão; pois a peleja não é vossa, mas de Deus.


domingo, 9 de setembro de 2018

E, logo que o mestre-sala provou a água feita vinho (não sabendo de onde viera, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água), chamou o mestre-sala ao esposo, E disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho. João 2: 9-10





Esse trecho do Evangelho relata o primeiro milagre de Jesus e ele acontece justamente em uma cerimônia de casamento. E como símbolo de transformação esse episódio retrata a mudança da água em vinho que simboliza a alegria, o que significa que a primeira transformação que deve ocorrer em nossa vida é a transformação de nosso interior que transborda é visível ao mundo. Mas observemos que ela só vem condicionada à obediência e à presença do Senhor em nossas vidas. Para que a água pudesse ser transformada em vinho, os servos tiveram que obedecer às ordens de Jesus. A Palavra de Deus, só pode nos transformar, só pode gerar a alegria do Espírito se estivermos dispostos a obedecer, sabendo que Jesus tem poder para transformar qualquer situação, contudo Ele só pode agir se for convidado a estar conosco em todos os momentos .Devemos, portanto, obedecer e praticar a Palavra, conforme nos ensina Tiago 1:22  

Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando vocês mesmos.

sábado, 8 de setembro de 2018

“Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR, e o povo que ele escolheu para sua herança.” Salmos 33:12



Vivemos tempos difíceis quando as pessoas estão voltadas para si mesmas, para a busca do prazer físico e da conquista de valores matérias como pressupostos garantidores da felicidade. Entretanto, a sociedade vive a angustiosa sensação de vazio e de incertezas que impulsionam as pessoas a querer sempre mais, a não valorizar o que têm e a desrespeitar as leis e os princípios morais estabelecidos. Isso tem gerado, consequentemente, governos que espelham essa sociedade e que nos tornam alvos de decisões que contrariam os princípios de Deus. A nossa Constituição diz que o país é laico, portanto, não pode privilegiar uma religião, mas diz também que somos livres para adorar e cultuar e isso nos leva a refletir que podemos escolher os governantes que respeitem e valorizem nossa fé, sem desrespeitar as demais. Como cristãos, precisamos testemunhar atitudes que reflitam o nosso Senhor e, consequentemente, precisamos nos fazer representar por aqueles que respeitem nossos valores, mas em todas as nossas atitudes devemos nos lembrar do que diz o apóstolo Paulo:

Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. 1 Coríntios 3:9.

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Abraão, contra toda esperança, em esperança creu, tornando-se assim pai de muitas nações, como foi dito a seu respeito: "Assim será a sua descendência". Romanos 4:18





A Bíblia, assim como a própria história da humanidade nos ensinam que quando estamos diante de grandes desafios não devemos olhar para as circunstâncias, mas devemos fixar os olhos em Deus e seguir em frente, vislumbrando a outra margem, a terra firme e não o abismo ou a nossa frente. Quando tiramos nossos olhos do natural e passamos a ver pela fé o sobrenatural temos a dimensão dos grandes personagens bíblicos e até mesmo dos grandes nomes da história secular. Abraão tornou-se o pai de uma grande nação, recebendo o filho da promessa, porque creu e tomou posse do foi dito a seu respeito e depois dele muitos se tornaram filhos da promessa e herdeiros das bênçãos, vindas do que aos olhos humanos seria impossível. José saiu, de uma cisterna, deixou de ser alvo de zombarias para ser o governador da nação mais poderosa de sua época. Davi saiu do campo, do pastoreio anônimo, para ser o grande e invencível rei guerreiro. Na vida secular também há muitos exemplos de pessoas inexpressivas em determinado momento de sua história, mas que se tornaram influentes, porque exercitaram a sua fé Naquele que tudo pode e tomaram posse do foi dito a seu respeito, porque como nos diz Jesus em Marcos 9:23

tudo é possível ao que crê.

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. Romanos 5: 5




Quem tem o Espírito de Deus demostra o Seu amor em todas as atitudes, porque Deus é amor e a principal característica de quem está cheio do Espírito Santo é o amor. Quem conhece a Deus e Nele confia vive o amor ao próximo e é incapaz de desejar o mal até mesmo àqueles que lhe querem mal. O amor de Deus não é incoerente e aquele que está em Deus se comporta conforme o Espírito que nele habita. Vemos a presença de Deus em alguém quando essa pessoa age como Jesus agiria, em obediência a Deus e em compaixão com o próximo, por isso o apóstolo João nos diz:

Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.1 João 4:8




quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Quando estou com medo, eu confio em ti, ó Deus Todo-Poderoso. Salmos 56: 3




A Palavra de Deus nos traz inúmeras promessas para nos trazer a paz e a confiança, sobretudo naqueles momentos de incertezas e nos quais o medo domina nosso ser. O Senhor nos diz, entretanto, que apesar de as circunstâncias nos mostrarem o contrário devemos nos apegar na Palavra de Deus que nos dá a segurança para vencermos o medo que assola nosso coração. Confiar em Deus é a única garantia de conseguirmos paz diante de cenários de caos e de incertezas que nos mostram a cada dia que não podemos confiar nos homens, nos governantes. Mas o Senhor que está no controle de tudo nos diz para lançarmos fora todo o medo e confiar Nele mesmo em momentos obscuros e diante daquilo que nos paralisa. Ele nos diz por meio do profeta Isaías 41:10

Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor. Salmos 27: 14






Deus não se esquece de Suas promessas e sabe a hora certa para agir em nosso favor, mas precisamos aprender a esperar com paciência, pois nessa sociedade consumista e hedonista não queremos esperar. O salmista nos ensina que esperar em Deus é o segredo da tranquilidade e uma lição que temos que aprender em nossa vida diária. É um exercício de fé. Deus tem o controle da sua vida. Confiemos, pois, deixando que Deus conduza nossos passos tal como fez com o povo de Israel no deserto e assim poderemos afirmar como Davi nos Salmos 40:1

Esperei com paciência no Senhor. Ele me escutou e ouviu o meu pedido de socorro.  




segunda-feira, 3 de setembro de 2018

A ti, SENHOR, levanto a minha alma. Deus meu, em ti confio, não me deixes confundido, nem que os meus inimigos triunfem sobre mim. Salmos 25: 1-2





O salmista nos ensina que nos momentos mais dramáticos de nossa vida podemos erguer a nossa voz e clamar ao Senhor, sabendo que Ele não permitirá que os nossos inimigos prevaleçam contra nós. Quando passamos por lutas, angústias e tribulações devemos saber como Davi que não estamos sós e que Deus está no controle da situação e nos dará a força necessária para atravessarmos esse momento. Se elevarmos a alma a Deus e Nele depositarmos a nossa irrestrita confiança, assim como fez Davi, temos a garantia de que passaremos seguros pela tempestade ainda que não estejamos livres dela, pois Aquele que não dormita está adiante de nós e

Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Salmos 121:3

domingo, 2 de setembro de 2018

Quando soaram as trombetas o povo gritou. Ao som das trombetas, e do forte grito, o muro caiu. Cada um atacou do lugar onde estava, e tomaram a cidade. Josué 6:20




Esse episódio bíblico simboliza as lutas as quais temos enfrentado, diariamente, os muros são os obstáculos que tem se colocado entre nossos sonhos e as conquistas e nos ensina que podemos confiar em Deus e nas Suas promessas. Aprendemos com Josué a confiar e a continuar rodeando as muralhas, orando e buscando a direção de Deus até que os obstáculos se rompam. Parecia estranho atender àquela ordem de tocar as trombetas e rodear as muralhas, mas era o comando de Deus, por isso quem obedeceu viu o impossível acontecer. Ainda que não percebamos, se confiarmos e obedecermos ao comando de Deus, os alicerces das muralhas serão abalados, e no tempo certo elas vão cair. Em Provérbios 3:5–6, lemos este conselho:

“Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas”.

sábado, 1 de setembro de 2018

“Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nem um só de seus benefícios. Ele é quem perdoa todas as tuas iniquidades; quem sara todas as tuas enfermidades;” Salmos 103:2-3



O salmista reconhece que não há outro caminho para a paz e a felicidade plena a não ser pela compreensão de que Deus é o Senhor, é soberano e está no controle de todas as coisas. Quando passamos por situações adversas, enfrentando enfermidades pessoais ou familiares, se passamos por crise de relacionamento ou dificuldades financeiras, esperamos por uma solução que nos alivie e nos dê a devida tranquilidade para seguirmos em frente. Muitas vezes, esperamos por um milagre e precisamos de fortalecer nossa fé. Nesses momentos, mais do que suplicar a Deus, precisamos ter a convicção de que Deus é poderoso para operar maravilhas. Ele é o Deus do impossível, e não está limitado às circunstâncias, como nós que enxergamos com os olhos humanos. Que possamos entender como o salmista a soberania de Deus e no plano espiritual exclamar como aqueles cegos que tiveram a oportunidade de encontrar Jesus

Disseram-lhe eles: Senhor, que os nossos olhos sejam abertos. Mateus 20:33