Traduza este blog

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. Colossenses 1:16-17




Deus criou todas as coisas e as fez com um claro propósito. Nada foi concebido por acaso. Cada pessoa primeiro foi concebida no coração de Deus antes de vir à luz. Deus formou cada um de maneira única e especial e sonhou coisas maravilhosas para nós. É maravilhoso saber que fomos criados com muito esmero e que temos vontade e autonomia para fazer nossas próprias escolhas. Mas precisamos também ter a consciência de que nossas escolhas têm consequências e que seremos responsabilizados por elas. Somos livres para escolher entre o bem e o mal e até mesmo para aceitar o amor do Pai. E por isso devemos dar graças, em todo o tempo e lugar.

Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças. 1 Timóteo 4:4




terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

“Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora”. João 6:37.





A maravilhosa promessa do Senhor é um alento para aqueles que estão passando por tribulações, mas sabem que podem encontrar abrigo à sombra do Onipotente. O Senhor deixa claro que não rejeita a ninguém que vai até Ele com sinceridade de coração, movido pela Graça e misericórdia do Pai. Não importa como se encontra, o Senhor acolhe o pecador arrependido e pronto a tomar a decisão de deixar o pecado, afastar-se do erro e ir até Ele. Jesus Cristo não lança fora quem Dele se aproxima, mas a essa aproximação deve ser motivada pelo Espírito e não apenas por uma curiosidade intelectual. Jesus nos convida a conhecê-Lo em plenitude, não apenas a Sua história. Ele está de abraços abertos para nos acolher. Não está pregado na cruz, ou impassível diante do sofrimento dos que Nele esperam. A Sua voz ecoa  

 “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”. Mateus 11:28. 

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

“Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem. Porque por ela os antigos alcançaram testemunho”. Hebreus 11:1-2.




A fé, segundo a Bíblia, é um mecanismo que opera, em relação ao futuro, e nos faz vislumbrar coisas que se esperam com esperança ou expectativa. Ela nos faz enxergar coisas que não podem ser observadas, que estão além da prova científica. A fé é o que dá suporte à esperança, sustentando-a, enquanto se espera pelo que foi prometido. Se o que esperamos ainda não tem materialidade, a fé nos assegura que podemos esperar que se concretize. E a esperança é alicerçada pela Palavra de Deus, pois é com fundamento na Sua promessa que firmamos nossa esperança. Esse mecanismo funciona da seguinte forma: ouvimos e aceitamos a promessa de Deus, por meio de Sua Palavra; depois, ativamos a esperança que começa a ansiar pelo cumprimento da promessa e desencadeamos a fé que é a confiança ou certeza que o que foi prometido se cumprirá. A fé, portanto, a evidência do que não se vê. É uma convicção interior de que o que Deus disse é a verdade, mesmo que não tenhamos nenhuma prova científica. Cremos porque sabemos quem é o autor da promessa.

Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta; Hebreus 6:18