domingo, 15 de setembro de 2019

Eu lembro da minha tristeza e solidão, das amarguras e dos sofrimentos. Penso sempre nisso e fico abatido. Mas a esperança volta quando penso no seguinte: O amor do Senhor Deus não se acaba, e a sua bondade não tem fim. Esse amor e essa bondade são novos todas as manhãs; e como é grande a fidelidade do Senhor! Deus é tudo o que tenho; por isso, confio nele. Lamentações 3: 19-24






O cristão deve expressar sua fé também exercitando a sua memória, lembrando-se em todo instante de onde veio e para onde vai e, sobretudo, quem é a razão de sua existência. É nos momentos de dor que devemos nos lembrar que o amor de Deus não se acaba nunca, que suas misericórdias são renovadas todas as manhãs. Que não nos esqueçamos jamais do que nos diz Moisés em Deuteronômio 7:9

 “Portanto sabei que o Senhor vosso Deus, Ele é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança ea misericórdia por mil gerações com aqueles que O amam e guardam Seus mandamentos …”

Marcadores:

sábado, 14 de setembro de 2019

Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno. Mateus 5: 29







Nesse mundo que jaz no maligno somos constantemente convidados a ignorar a Palavra de Deus e a compactuar com o pecado. Muitas vezes julgamos que não há problema em sermos permissivos com os erros que nos parecem pequenos e nos esquecemos de que não tropeçamos em montanhas e sim em pedriscos. A Bíblia nos ensina que devemos ser radicais em relação ao pecado, considerando que o pecado pode nos levar para o inferno, por isso o apóstolo Paulo nos exorta me 1 Tessalonicenses 5:22


“Afastem-se de toda forma de mal”.

Marcadores:

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

O sol se levanta, e o sol se põe, e volta ao seu lugar, onde nasce de novo. Eclesiastes 1: 5






As lutas neste mundo são inevitáveis, mas são também um instrumento para nos fortalecer e nos preparar para o melhor que Deus tem preparado para aqueles que Nele esperam. Se entendermos que Deus não quer simplesmente nos dar ombros mais fortes, mas nos fazer ver que Jesus já tomou para Si o fardo pesado que não precisamos carregar sozinhos, como nos diz o profeta Isaías  53: 4

Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus e oprimido.

Marcadores: