Traduza este blog

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Você, porém, que é um homem de Deus, fuja de todas essas coisas más. Busque a justiça, a devoção e também a fé, o amor, a perseverança e a mansidão. Lute o bom combate da fé. Apegue-se firmemente à vida eterna para a qual foi chamado e que tão bem você declarou na presença de muitas testemunhas. 1 Timóteo 6: 11-12


 

Não é um pouco fácil viver uma vida voltada para Deus, pois exige renunciar às nossas próprias vontades e um tempo especial devotado ao Senhor. Temos, ao contrário do que deve ser nossa conduta, uma tendência a nos manter em nossa zona de conforto e a negligenciar a oração, a leitura da Palavra e a busca de intimidade com Deus. Embora nossa essência nos leve a uma constante insatisfação quando buscamos preencher o vazio existencial longe do Criador, isso tem sido mais fácil do que lutarmos contra o desânimo que nos acomoda e nos impede de buscar a Deus em Espírito e em verdade. Quem busca a Deus O encontrará, pois Ele se revela a todos àqueles que O procuram de todo coração, como nos garante Moisés em Deuteronômio 4:29.
E lá procurarão o Senhor, o seu Deus, e o acharão, se o procurarem de todo o seu coração e de toda a sua alma.

domingo, 21 de julho de 2019

Portanto, se vocês pensam que estão de pé, cuidem para que não caiam. As tentações em sua vida não são diferentes daquelas que outros enfrentaram. Deus é fiel, e ele não permitirá tentações maiores do que vocês podem suportar. Quando forem tentados, ele mostrará uma saída para que consigam resistir. 1 Coríntios 10: 12-13




Sabemos que ser cristão não é fácil, mas uma escolha consciente e que pressupõe renúncias e resiliência. Jesus nunca afirmou que a Sua missão e, por extensão, a missão cristã seria fácil, mas Ele disse que valeria à pena. Não é novidade que seremos rejeitados e até perseguidos e muitas vezes caluniados e calados sem que possamos nos defender, porque o inimigo usa pessoas influentes para atacar aqueles que buscam a verdade e estão no Caminho. Algumas lutas terão que ser vencidas todos os dias, pois o próprio Jesus afirmou que não seríamos poupados das aflições, mas Ele mesmo nos garantiu
Em João 16:33
Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

sábado, 20 de julho de 2019

Vocês, orem assim: Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Mateus 6: 9



A oração do Pai Nosso é conhecida universalmente. Muitas vezes repetidas de forma automática em rezas e terços, ela não é um mantra ou jogral, mas uma fórmula para que nos acheguemos a Deus. Jesus ensinou essa oração como um modelo. Assim, Ele nos apresentou de forma didática a maneira como devemos nos dirigir ao Pai. Repetir o texto dessa oração de forma automática e repetitiva não nos aproxima de Deus, pelo simples fato de que   essa repetição não provoca em nós a reflexão sobre quem é o Senhor. Orar é falar com Deus. É diferente de rezar, ou de repetir frases e textos feitos como nas ladainhas e jaculatórias. Essas fórmulas religiosas são ditas como mantras sem que se saibam o que significam. Quando nos dirigimos a Deus devemos falar com Ele com a reverência que lhe é devida, mas podemos falar com Ele como quem fala com o pai, com o amigo, com o irmão, pois Ele mesmo nos deu essa liberdade, pois não estamos conversando com um estranho, mas com o nosso Pai. 

"Por isso digo: Peçam, e será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. Lucas 11:9-10