Traduza este blog

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Tenham cuidado para que ninguém deixe de beneficiar da graça de Deus, e também que nenhuma amargura crie raízes em vocês, a qual, ao brotar, venha a causar-vos perturbações, e depois, por contaminação, também a muitos outros mais. Hebreus 12: 15





 
A Bíblia faz uma comparação interessante entre a amargura e a raiz e essa analogia nos leva à compreensão de que pessoas amarguradas se alimentam de pensamentos negativos, de lembranças dolorosas e de experiências traumáticas, e por isso se privam da graça de Deus e se tornam presos àquelas pessoas e experiências negativas que marcaram a sua vida. Mas a graça e a misericórdia de Deus traz cura e refrigério àqueles que têm seu coração acorrentado pela amargura, por isso o apóstolo Paulo nos exorta em Efésios 4:31

Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como com as minhas ações. E o Deus que nos dá a paz estará com vocês. Filipenses 4: 9




-
A Palavra de Deus é muito sábia em todos os aspectos e um perfeito guia para orientar a conduta do ser humano que almeja viver em coerência entre o que apregoa e faz. Sabemos que hipocrisia é quando exigimos de alguém um comportamento que nós mesmos não conseguimos ter. Mas, infelizmente, em várias circunstâncias, vemos que muitos têm demonstrado total incongruência entre o quem falam, fazem e exigem das demais pessoas, contrariando sobremaneira o que nos ensina a Bíblia. Quem quer respeito deve respeitar o outro, quem espera receber o que lhe é devido, também precisa quitar suas dívidas. Quem prega a paz e espera ter paz não pode semear desamor e provocar atritos... Deus não é incoerente, nem contraditório. Ele espera que tenhamos paciência com o próximo da mesma forma que teve conosco. Por isso devemos atenta para o que nos diz o apóstolo Paulo em 2 Coríntios 8:21

pois estamos tendo o cuidado de fazer o que é correto, não apenas aos olhos do Senhor, mas também aos olhos dos homens.

quarta-feira, 29 de maio de 2019

E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era. Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecediço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito. Tiago 1:22-25




A Bíblia nos diz que a verdadeira sabedoria não está em conhecer a Palavra de Deus, mas em praticar aquilo que se sabe dela! É possível que existam muitos ateus que conhecem bastante a Bíblia, e que muitos cristãos também sejam exímios estudiosos das Escrituras. No entanto, há uma diferença entre conhecer e praticar e não é segredo que as igrejas cristãs estão lotadas de pessoas que demonstram profundo conhecimento da Bíblia Sagrada, mas são vazias de sua pratica. O rei Salomão, conhecido pela sua incomparável sabedoria, é um exemplo de um homem que conhecia, mas não praticava o que sabia na teoria. Por essa razão cometeu o pecado da idolatria, e arrastou o próprio povo de Israel com ele! O apóstolo Tiago nos exorta a sermos praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-nos a nós mesmos, levando uma vida de pecado apenas para agradar as pessoas. Certamente, sabemos que colheremos consequências terríveis se não tomarmos a atitude de nos afastar dos erros. Não podemos nos esquecer de que é melhor agradar a Deus do que aos homens, por isso é fundamental, conhecer e praticar, conforme nos recomenda o Senhor

Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha.  Mateus 7:24