Traduza este blog

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Pedro, então, ficou detido na prisão, mas a igreja orava intensamente a Deus por ele. Atos 12: 5






A oração da Igreja é a arma mais potente da qual um exército pode se servir. A Igreja do Senhor sempre contou com essa poderosa arma. A sua história que iniciou seu registro em Atos e continua sendo escrita nos mostra que as reuniões para oração coletiva têm resultado em extraordinárias respostas. Pela oração Deus nos dá a capacidade de destruir qualquer fortaleza do inimigo “poderosas em Deus para destruir fortalezas” (cf. 2 Co 10,4). Por isso, o Senhor nos mostra que na vida cristã a oração é imprescindível e é impossível vivermos espiritualmente sem recorrermos a essa pujante estratégia de guerra, pela qual temos a chave para romper fortalezas. Vemos de forma inconteste que hoje, mais do que nunca, satanás tem direcionado seus esforços a fim de destruir a família e a sociedade. Mas, assim como na passagem descrita no texto em epígrafe, o Senhor tem chamado homens e mulheres que estejam na “brecha“ para que intercedam diante de Deus, para que o Seu propósito se cumpra na Terra. E Jesus nos garante que  estará no meio daqueles que se reúnem em Seu nome, conforme nos diz em Mateus 18:20
Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. Mateus 18:20

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!