Traduza este blog

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Então, aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Em seguida, colocou-o sobre seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele. Lucas 10: 34




Compaixão é um sentimento próprio dos seres humanos e que se caracteriza pela piedade e empatia em relação à dor alheia. Aquele que tem compaixão mantém acesa em seu coração a chama do desejo de ajudar o próximo a superar os seus problemas, consolando e dando suporte emocional. Jesus nos ensinou isso em todas as Suas atitudes. Ele nos ensinou, sobretudo, a acolher os que precisam, os órfãos, as viúvas e aqueles que sofrem, principalmente os menos favorecidos. Mas precisamos refletir também que há pessoas que têm condições materiais que passam por lutas e estão carentes de ajuda emocional e espiritual. Uma pessoa que tem compaixão consegue enxergar a dor alheia e compreender o seu estado emocional predispondo-se a ajudar. Em tempos em que cada um procura os seus próprios interesses e se isola em seus próprios problemas a parábola contada por Jesus nos leva a refletir sobre qual tem sido a nossa atitude diante das necessidades das pessoas.

Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o Senhor tem compaixão dos que o temem; pois ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó. Salmos 103:13-14

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!