Traduza este blog

sexta-feira, 6 de abril de 2018

“E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós”. João 17:11.



A Bíblia nos ensina que quem se liberta do passado renova a sua mente. Mas para nos libertar do passado é necessário, seguirmos três importantes passos: arrepender, confessar os pecados e perdoar. Precisamos ver o passado como uma base para o que é o nosso presente e sobre a qual se estabelecerá o nosso futuro. Devemos refletir sobre o que o passado nos trouxe, pelas coisas que nos serviram como lição, mas não podemos nos prender a ele. Precisamos seguir em frente certos de que o melhor de Deus ainda está por vir. Somos o resultado das nossas escolhas. Podemos escolher entre ser livre hoje e ser escravo do que já se foi. José, apesar da oportunidade de vingança, escolheu perdoar e Deus lhe deu a possibilidade de abençoar sua casa. Mateus, Maria Madalena, Saulo/Paulo, foram outros exemplos de pessoas que deixaram para trás seu passado e escolheram a liberdade de viver uma vida de bênçãos. Façamos, pois, o que nos ensina o apóstolo Paulo:

“Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, 14 Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”. (Filipenses 3:13-14).”



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!