Traduza este blog

sábado, 14 de abril de 2018

"Aquele que é nascido de Deus não peca habitualmente; porque a semente de Deus permanece nele, e não pode continuar no pecado, porque é nascido de Deus". João 3: 9




Jesus nos leva a refletir se temos deixado o Espírito Santo de Deus falar ao nosso coração e sobre como tem sido o nosso confronto com a nossa consciência. Nossa consciência age como a voz de Deus nos sinalizando para o pecado, para que possamos encontrar o caminho reto, sem nos desviar nem para a direita, nem para a esquerda. Todavia, muitas vezes respondemos a essa voz sem fugir das tentações e do pecado, porque cauterizamos nossa. Isso nos leva a nos comportar como um ímpio que só ouve o que lhe interessa e separa na Bíblia, nos sermões e na consciência apenas a parte que lhe convém. O Senhor nos diz que o pecado é tão somente uma exceção e não uma regra na vida do cristão. Mas há aqueles que pecam deliberadamente e repetitivamente, sem preocupações, por não terem consciência do pecado ou porque não se importam, uma vez que perderam o temor de Deus. Felizmente, também há os que se esforçam para não pecar, não se orgulham de suas iniquidades, e delas têm vergonha. O nosso pecado está o tempo todo diante de nós,  mas e bem aventurado é o homem que é tocado pelo Espírito e pode afirmar como o salmista
“Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim” (Salmos 51: 3).




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!