Traduza este blog

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Vós, que escapastes da espada, ide-vos, não pareis; de longe lembrai-vos do Senhor, e suba Jerusalém a vossa mente. Jeremias 51:50




O texto em epígrafe traz-nos as palavras proféticas do profeta Jeremias contra a Babilônia, dos caldeus, quando essa nação prevalecia sobre "todas as nações". O profeta registra o julgamento proferido contra a grande e temível Babilônia a e anuncia em detalhes a sua destruição, para mostrar que esse dia também chegaria, apesar da imponência daquela nação. Sua ruína seria completa e total e a instrução geral era para que o povo deixasse a cidade e fugisse dela imediatamente, pois não haveria cura para ela, embora tenha sido tentada. O Senhor deixa claro pela voz do profeta que chegaria o dia em que Ele faria juízo sobre as suas imagens de escultura e sobre a sua empáfia e desobediência e ainda que subisse aos céus, e que fortificasse a altura da sua fortaleza, todavia Ele enviaria destruidores sobre ela. A Babilônia mencionada na Bíblia como símbolo dos inimigos de Deus e do seu povo, lugar do paganismo e dos vícios, tornou-se uma metáfora para definir a realidade oposta àquela desejada por Deus. Nos dias atuais, vemos homens dominados pela vaidade e em sua cegueira agem como aqueles que outrora foram destruídos pela ira de Deus. Em vez de glorificarem ao Senhor em espírito e em verdade usam o conhecimento e as habilidades dadas pelo Criador para fabricarem imagens e deuses aos quais se prostrarão, e não conseguem perceber que nelas não há espírito, nem fôlego de vida e que são obras de suas próprias mãos, obras de engano que, assim como foi na Babilônia, levará a completa ruína para suas almas. Mas a palavra dita por Jeremias vem para alertar aos que escaparam da espada sobre o risco de se deixar enganar pela babilônia atual. Ele nos ensina a reagir como Daniel, declarando 

E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste. Daniel 3:18

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!