Traduza este blog

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Onde, pois, estão os teus deuses, que fizeste para ti? Que se levantem, se te podem livrar no tempo da tua angústia; porque os teus deuses, ó Judá, são tão numerosos como as tuas cidades. Jeremias 2:28




O profeta Jeremias questiona àqueles que, em vez de colocarem sua confiança no único Deus, Criador e Salvador, se apegam a deuses diversos que não podem dar a vida, tampouco a salvação a nenhum de seus seguidores. Esses deuses tanto podem ser a riqueza e o poder terreno, quanto os próprios ídolos de barro, metal ou outro material perecível, imagens de deuses diversos que são colocados como intermediários diante de Deus e dos homens, mas dada podem fazer pelos seus veneradores. A Bíblia é muito explícita quando afirma que não devemos fazer, tampouco adorar qualquer imagem que se assemelhe a um deus. Isso seria idolatria, pois somente Deus é digno de adoração, porque Ele criou tudo que existe, até as coisas mais maravilhosas, dignas de reconhecimento, assim como pessoas a quem respeitamos e temos como santas. Adoração é amor e dedicação, dar louvor, honra e glória a Deus, reconhecendo Deus como senhor de nossa vida. Quando adoramos a Deus mostramos que Ele é nosso único Deus. Não há nada nem ninguém como Deus. Só devemos adorar a Ele. Podemos respeitar e admirar outras pessoas, mas não prestar culto a elas. Podemos ficar maravilhados com a criação de Deus, mas sem adorá-la, conforme nos exorta Moisés em Êxodo 34:14:

Nunca adore nenhum outro deus, porque o Senhor, cujo nome é Zeloso, é de fato Deus zeloso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!