Traduza este blog

segunda-feira, 5 de junho de 2017

"Enquanto o amarravam a fim de açoitá-lo, Paulo disse ao centurião que ali estava: "Vocês têm o direito de açoitar um cidadão romano sem que ele tenha sido condenado? " (Atos 22:25)


Paulo conhecia os seus direitos e questionou com segurança e propriedade aqueles que o estavam prendendo, certo de que os abalaria. Quando conhecemos os nossos direitos, temos autoridade e segurança para nos posicionarmos diante de nossos inimigos. Quando conhecemos a Palavra de Deus e nela reconhecemos os nossos direitos de filhos de Deus, portanto, herdeiros da Sua promessa, apossamo-nos de uma arma poderosa. E isso abala o inimigo que quando percebe que está diante de um filho que vive em comunhão com o Senhor e que conhece seus direitos, bate em retirada. O diabo não enfrenta aqueles que sabem o seu lugar, que se posicionam como quem nada teme porque sabe em quem tem crido. O diabo sabe que será envergonhado. E a Palavra de Deus diz em Deuteronômio 28:7

"O Senhor concederá que sejam derrotados diante de vocês os inimigos que os atacarem. Virão a vocês por um caminho, e por sete fugirão"



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!