Traduza este blog

sexta-feira, 9 de junho de 2017

E, não aparecendo, havia já muitos dias, nem sol nem estrelas, e caindo sobre nós uma não pequena tempestade, fugiu-nos toda a esperança de nos salvarmos. Atos 27:20


Neste trecho do Livro de Atos, Lucas relata como ele, Paulo, e a tripulação do navio no qual embarcaram, apesar de todos incidentes e acidentes de viagem, chegaram a Roma. Essa passagem nos mostra que podemos enfrentar tribulações e adversidades, mas se estamos com Deus, Ele nos dá o livramento e nos faz chegar ao nosso destino como prometeu. As tempestades que enfrentamos têm o propósito de nos preparar para uma missão que demanda força, coragem e determinação. Ela nos leva a resistir e a crescer para que possamos também testemunhar sobre a nossa experiência e impactar a vida daqueles que que estão a nossa volta. A Bíblia mostra que durante a tempestade e nos desvios do caminho a Roma Paulo teve a oportunidade de manifestar as maravilhas de Deus. Alguns preferiram ignorar as orientações de Paulo. Ele não pode acalmar os ventos, mas pelo seu testemunho, foi a direção na angústia, porque colocou em prática a Palavra de Deus. Enquanto os outros se desesperavam com a tempestade, Paulo e Lucas descansavam em Deus, e puderam acalmar aqueles que intentavam agir de forma intempestiva. Porque estavam em constante oração e tinham paz interior, o testemunho dos apóstolos naquela embarcação prestes a afundar, certamente alcançou alguns da tripulação. No meio da tempestade, o mundo vê a segurança daqueles que estão em Cristo,

E será aquele homem como um esconderijo contra o vento, e um refúgio contra a tempestade, como ribeiros de águas em lugares secos, e como a sombra de uma grande rocha em terra sedenta. Isaías 32:2


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!