Traduza este blog

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Mas, alcançando socorro de Deus, ainda até ao dia de hoje permaneço dando testemunho tanto a pequenos como a grandes, não dizendo nada mais do que o que os profetas e Moisés disseram que devia acontecer, Atos 26:22




Paulo deu testemunho de fé por onde andou, cumprindo a missão determinada por Jesus desde que caiu em si e compreendeu que em vez de perseguir os cristãos deveria ser um propagador do Evangelho, demonstrando que a Lei foi cumprida por Jesus na Cruz do Calvário. Paulo não negligenciou a Palavra, tampouco lhe acrescentou nada por conta própria. Entretanto, vemos que na Igreja atual não são poucos os que se enveredam por caminhos os quais Deus não iluminou. Muitos são os que aceitam ou defendem doutrinas baseadas em argumentos que não encontram respaldo na Palavra do Senhor. A Palavra é uma só, mas o entendimento pode ser diverso se não estivermos em sintonia com o Espírito Santo que nos capacita a entender o que nos diz o Senhor, por meio de Seus profetas. Aquele que acrescentar, retirar ou adulterar o que Deus revelou terá que prestar contas ao próprio Deus e não aos homens. Por isso, antes de nos aventurarmos a aceitar sem a devida criticidade as inovações e doutrinas de homens, devemos refletir como fez Jó 38:2-4


Quem é este que escurece o conselho com palavras sem conhecimento? Agora cinge os teus lombos, como homem; e perguntar-te-ei, e tu me ensinarás. Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!