Traduza este blog

terça-feira, 18 de abril de 2017

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. João 3:17



João relata em seu Evangelho a conversa de Jesus com um homem muito importante entre os judeus: Nicodemos, um fariseu, dentre os poucos judeus, que tinham um desejo de conhecer a verdade, por isso foi ao encontro de Jesus à noite para que o povo não o criticasse e o julgasse por essa sua atitude: “Entre os fariseus havia um homem chamado Nicodemos. E nessa conversa Jesus deu-nos uma importante lição sobre como o homem pode ser salvo. Jesus explica a Nicodemos que o homem precisa nascer de novo: pelo batismo. E o novo homem só pode nascer no reconhecimento do senhorio do Senhor Jesus em sua vida. E Jesus deixa clara a misericórdia de Deus, afirmando que não é Deus quem condena quem nos condena, mas a própria pessoa, pelas suas atitudes e opções. Quem crê em Jesus, reconhece-O como Senhor e obedece aos Seus mandamentos. Assim, vive com responsabilidade, por isso não é julgado. Agora, quem não crê e vira as costas para o sacrifício do Filho único do Pai, já está julgado pela opção que fez. Aqueles que vivem segundo a carne e se deixam corromper pelos apelos do mundo já se condenaram, e só a misericórdia do Senhor poderá livrá-los. Somente pelo amor é que o mundo será salvo.  E só o amor e a graça de Jesus nos dá a paz e a verdadeira justiça. O que disse o Senhor a Nicodemos é vital para compreendermos a verdade e seguirmos o caminho da justiça.


E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança para sempre. Isaías 32:17


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!