Traduza este blog

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, e não venha aqui tirá-la. João 4:15


A Bíblia registra no evangelho de João que Jesus havia deixado a Judéia e se dirigia para a Galileia, mas "era-lhe necessário passar por Samaria" (João 4:4). Vemos, então que Ele, sendo santo e puro, escolheu não se desviar da cidade onde viviam aqueles rejeitados pelos judeus. Os judeus rejeitavam os samaritanos, mas Jesus ao contrário, amava-os sem julgamento e queria dar a eles a salvação eterna. E isso pode ser visto no episódio protagonizado pela mulher samaritana e, por intermédio dela a salvação chegou às pessoas que moravam em Samaria. João relata que Jesus teve sede e sentou-se junto da fonte, e dela se aproximou uma mulher de Samaria surpresa por encontrar ali um judeu e mais ainda mais por ele pedir que ela lhe desse de beber. A surpresa principalmente por ser uma mulher rejeitada e também por seu modo de vida. Mas Jesus quebra este preconceito e inicia uma conversa com ela pedindo água. No entanto, aquela mulher pensava que Jesus não falaria com ela e ficou impressionada com o próprio fato de Jesus falar com ela sendo um judeu, devido ao orgulho que separava judeus e samaritanos. Mas Jesus nos ensina uma lição: não importa a posição social, a condição financeira, ou nossa educação. Aquele que chega a Deus com sede, será saciado. Jesus não tem preconceito e não rejeita quem se achega a Ele.

Precisamos compreender que todas as outras fontes do mundo não satisfazem, pois nós voltaremos a ter sede. Somente Jesus pode satisfazer plenamente


    
Porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz. Salmos 36:9



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!