Traduza este blog

sábado, 22 de abril de 2017

Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça. João 7:24


Jesus nos dá uma ilustração específica do tipo de atitude de julgamento que ele é contra. Quando olhamos para o outro e nos colocamos na posição de julgadores enxergamos as suas falhas, no entanto, nos esquecemos das nossas. O Senhor cria um dilema para os líderes religiosos e nos faz refletir sobre a nossa própria atitude até mesmo no dia a dia, quando olhamos para a aparência das coisas e julgamos o que nossos olhos alcançam. Muitas vezes apontamos o erro nos outros e passamos ao largo de nossas falhas. Mas quando olhamos para a justiça de Deus e deixamos de ser críticos em relação a outras pessoas entendemos que somente Deus pode nos levar a abandonar a atitude de julgamento de criticar os outros para refletirmos sobre nossas próprias falhas e deixarmos que o Senhor seja o nosso juiz, pois como bem lembrou o autor de  Hebreus 4:13 “E não há criatura alguma encoberta diante dele, mas todos estão nus e expostos aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas.“
Deus é Pai e Juiz e a Ele cabe o julgamento com a justa medida e aquele que assim age entenderá o diz o profeta Isaias 11:3

                   
E deleitar-se-á no temor do Senhor; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!