Traduza este blog

sábado, 29 de abril de 2017

Disseram, pois, os judeus: Vede como o amava. João 11:36




O evangelista João relata que quando Jesus encontrou Maria, irmã de Lázaro, e viu que ela e outros estavam chorando, Ele também chorou, por ver o sofrimento daqueles a quem amava.
Esse relato mostra não só que Jesus tem o poder de devolver a vida aos que Nele creem, mas também que Ele se compadece daqueles que sobre com as perdas de seus entes queridos. Jesus sabia que ressuscitaria Lázaro, mas mesmo assim Ele chorou. Isso demonstra que, apesar de ter recebido do Pai o poder, Ele agia como um ser humano e demonstrou Seu grande amor e compaixão por seus amigos. Jesus sofria a dor daquele que amava e deixou-nos um grande exemplo de compaixão e de solidariedade. O amor que Jesus sentia por aquela família também nos mostra que Ele ama as pessoas nas suas diferenças.  Marta, Maria e Lázaro eram Seus amigos e Nele criam, mas eles não eram iguais. A Bíblia descreve as diferenças de personalidade e de atitudes desses irmãos. Marta era autoritária e trabalhadora, exigente e dedicada aos afazeres domésticos. Maria era mais espiritual, porém um pouco negligente de algumas responsabilidades e de Lázaro sabemos apenas que era tranquilo e não chamava a atenção para si mesmo.  Mas Jesus amava a todos da mesma forma e pelo mesmo motivo, com a mesma intensidade.

Louvai ao Deus dos céus; porque a sua benignidade dura para sempre. Salmos 136:26





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!