Traduza este blog

sábado, 11 de março de 2017

E Maria Madalena e Maria, mãe de José, observavam onde o punham. Marcos 15:47



Vemos pelo relato de Marcos que Maria Madalena foi uma das mulheres que ficaram de longe observando onde o corpo do Senhor seria sepultado. Sabemos que, por tradição, à época e em muitos lugares ainda hoje, as mulheres não podiam se expressar ou atuar publicamente, mas essas mulheres tinham um papel fundamental na sociedade e isso ficou bem claro também na trajetória de Jesus. Elas O acompanharam e o serviram até depois de Sua morte. Foram essas mulheres que, mesmo não podendo chegar mais perto nem estar perto dos homens, acompanharam o calvário de Jesus e se mantiveram presentes para testemunharem Sua ressurreição. E isso só foi possível porque elas não desistiram de segui-Lo de longe. Quando muitos já estavam em suas casas, lamentando o acontecido ou conformados com a situação, essas marias não desistiram de continuar servindo a Jesus. Maria Madalena conheceu o amor, a misericórdia e experimentou a liberdade quando foi transformada pelo Mestre. E de mulher endemoninhada ela passou a ser a porta-voz da ressurreição. Vemos, ao final de uma etapa da vida de Jesus, duas marias. Mulheres com histórias de vidas e caráteres diferentes, mas importantes na história do Senhor. Vemos que Maria foi escolhida para ser a mãe do Salvador por ser pura e irrepreensível diante de Deus, mas Maria Madalena era conhecida por seus pecados, no entanto foi transformada quando teve um encontro com Cristo. Ambas foram agraciadas com Sua presença e foram ricamente usadas por Deus na Sua Obra. Essa passagem nos dá uma lição preciosa: não importa como nos chegamos a Jesus, mas como nos deixamos transformar e ser usadas por Ele. Deus deu à mulher um papel especial e grandioso e que não pode ser comparado com as expectativas do mundo. O Senhor é misericordioso e nos enxerga acima das disputas de gêneros e de uma luta por um poder passageiro. A mulher do Senhor tem privilégios inimagináveis aos olhos humanos. E assim como disse por meio do profeta Isaías à nação de Israel, Ele diz a nós:  

Porque o Senhor te chamou como a mulher desamparada e triste de espírito; como a mulher da mocidade, que fora desprezada, diz o teu Deus. Por um breve momento te deixei, mas com grandes misericórdias te recolherei; -Isaías 54:6-7


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!