Traduza este blog

quarta-feira, 15 de março de 2017

E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo. Lucas 1:41


Lucas relata a visitação de Maria a Isabel e nos mostra a relação entre os anúncios do anjo Gabriel a Zacarias e a Maria e o nascimento de João e de Jesus. No momento em que João salta de alegria no ventre de sua mãe e Isabel, quando esta ouve a saudação de Maria. João, cujo ministério visava preparar a vinda do Messias, reconheceu a presença e o senhorio de Jesus já quando ainda estavam ambos nos ventres de suas mães. Nesse momento, ocorre o marco divisor. A passagem da antiga religião, representada pelo sacerdote Zacarias, pai de João Batista, para a nova realidade anunciada pelo anjo com o nascimento de Jesus. O ventre de Maria se tornou o lugar do encontro entre o divino e o humano, na concepção e gestação de Jesus. Ali, Deus fez-se humano, e à humanidade é dada a condição de ser divina e eterna.
Vemos neste relato que muito antes de Maria contar qualquer coisa sobre o que lhe ocorrera e qual era o motivo de sua viagem, Isabel entende, pelo Espírito Santo, tudo o que acontecera. Ela sabe também que o fruto de seu ventre será grande perante o Senhor, mas reconhece com alegria que o fruto do ventre de sua jovem prima deve ser exaltado acima de todos. Por isso, ela cumprimenta a Maria, como a mais bem-aventurada e mais abençoada dentre todos os humanos. Isabel, movida pelo Espírito Santo, curva-se, humildemente, diante de seu Senhor ainda no ventre daquela serva jovem e humilde! Sabemos que essa expressão não é um louvor a Maria, mas à criança que ela trazia em seu ventre. Vemos em Isabel que ela reconhece a soberania de Deus na realização de seus propósitos. Conhecendo as profecias, ela entendeu que Deus também a escolheu, uma idosa estéril, para dar à luz ao último dos grandes profetas de Israel. Aquele que seria o responsável por preparar o caminho para o Salvador e sua gravidez seria  o cumprimento de diversas profecias já anunciadas ainda no Antigo Testamento

Eis que eu envio o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim; e de repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais; e o mensageiro da aliança, a quem vós desejais, eis que ele vem, diz o SENHOR dos Exércitos. Malaquias 3:1





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!