Traduza este blog

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim. Marcos 10:48

O evangelista Marcos narra um milagre operado por Jesus quando deixava a cidade de Jericó: a cura do cego Bartimeu, que estava assentado à beira do caminho mendigando. Essa era a sua rotina. Esse era o seu limite, mas quando teve a oportunidade não a perdeu e gritou no meio da multidão porque ele ouviu que era Jesus de Nazaré que passava e clamou por Jesus, Filho de Davi. E essa forma de chamar a Jesus fez toda diferença, pois demostra que o cego Bartimeu sabia que Jesus era o Messias, não somente o homem de Nazaré, filho de José o carpinteiro, mas o enviado por Deus para nos salvar e nos reaproximar do Senhor. Ao clamar pelo Filho de Davi, aquele cego demonstrou sua fé e que enxergava muito além do que os homens de seu tempo, pois não via apenas a Jesus de Nazaré, mas o Prometido por Deus e Enviado para o perdão dos pecados. Bartimeu não só creu, mas confessou com seus lábios que reconhecia no filho do carpinteiro de Nazaré o Salvador, Aquele anunciado pelo profeta Isaias, cujo caminho foi preparado por João Batista  

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus. Isaías 40:3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!