Traduza este blog

sábado, 31 de dezembro de 2016

“Vede, eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o dia grande e terrível do Senhor. Ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos aos pais, para que não venha e fira a terra com maldição”. Malaquias 4:5-6


Com estes versículos, o Antigo Testamento é encerrado e também um tempo de profecias. Malaquias foi o último dos profetas até a vinda de Joao Batista anunciado por ele e por Isaías. Se procurarmos informações veremos que houve um silêncio profético por cerca de quatrocentos anos. Mas sabemos que Deus é fiel e cumpre Sua Palavra. O silêncio entre Malaquias e João Batista equivale ao tempo ou espaço entre o dia e a noite, entre uma geração e outra, resguardadas as devidas proporções. Malaquias nos fala sobre o encontro de gerações, analogamente, podemos entender que há um abismo que separa uma geração de outra e que também equivale ao escuro da noite. Mas à noite, enquanto descansamos, Deus prepara a luz do dia. Entre as revelações do Antigo Testamento, encerradas com o Livro de Malaquias que anuncia a Boa Nova e O Novo Testamento ou Nova Aliança há um período em que Deus parece ter se esquecido dos homens. Mas na verdade esse tempo equivale à noite que precede o dia, o abismo em trevas que precede o dia em que viria à luz o Desejado das Nações. Aquele anunciado pelos profetas, cujo caminho foi mostrado por João Batista. Em geral, ao final do ano, estamos propensos a fazer um balanço de nossas vidas e a fazer planos para novas perspectivas no próximo ano. Para colhermos bênçãos e não maldição, e para eliminarmos o abismo que há entre nossos desejos e a vontade de Deus, devemos compreender a mensagem de esperança entregue por Malaquias: ela está materializada Naquele de quem João Batista foi precursor. Com Ele está o poder de transformar as trevas em luz, pois Ele é a própria Luz. Só Ele pode converter os corações dos filhos aos pais, ensinando-nos o caminho a seguir, sem o conflito das gerações, eliminando o abismo que nos separa do Pai.


“E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus. Irá adiante dele no espírito e poder de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, converter os rebeldes à prudência dos justos, e preparar ao Senhor um povo bem disposto”. Lucas 1:16-17

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!