Traduza este blog

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vestis-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado. Ageu 1:6


A situação de muitas pessoas nos dias de hoje é muito semelhante à da época do profeta Ageu, usado para exortar o povo depois do exílio a seguir a Palavra do Senhor. Assim como os israelitas, as pessoas semeiam muito, mas colhem pouco; comem, e não se fartam; bebem, mas não se saciam; se vestem, mas não se aquecem e veem seu salário desaparecendo sem uma justificativa plausível. Sem saberem explicar onde foi parar o dinheiro, que parece simplesmente ter sido devorado. Essa é a sensação de muitas pessoas. Em tempos de balanço de final de anos, em geral, as pessoas fazem planos para uma mudança de postura para o próximo ano, então é o momento ideal para levar essa reflexão e considerar o que nos ensina o profeta Ageu. O profeta nos convida a aplicarmos os nossos corações aos nossos caminhos e analisarmos o que fizemos durante o ano para encontrarmos as respostas sobre por que nosso dinheiro parece sumir de nossos bolsos, como um saco furado. Ele nos convida a refletir sobre como estamos trabalhando, com que fim e objetivos, e com que sinceridade. Aplicando os nossos corações aos nossos caminhos, encontraremos muitas respostas às questões colocadas a Deus. Precisamos nos perguntar qual o lugar que estamos dando a Deus nas nossas vidas, quanto tempo Lhe consagramos, que bens Lhe devolvemos, do muito que nos dá. Será que usamos os bens que Ele nos permite administrar como mordomos a serviço de Sua Obra, devolvendo-Lhe as primícias do que nos dá, inclusive de nosso tempo, ou dedicamo-Lhes apenas as migalhas do nos sobra? Se analisarmos nossa vida com sinceridade e verdade,  veremos que a grande parte dos problemas que temos de enfrentar provém da  má mordomia que fazemos das nossas vidas. Entretanto, não podemos nos esquecer de que o princípio da mordomia não deve aplicado somente aos nossos bens materiais, mas ao nosso tempo, nosso corpo, coração e mente como nos ensina Paulo em 1 Coríntios 6:19
“Acaso não sabeis que o vosso corpo é Santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?.”
Igreja Cristã Manancial de Vida http://icmv.com.br/site/  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!