Traduza este blog

domingo, 18 de dezembro de 2016

Eu, porém, olharei para o Senhor; esperarei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá. Miquéias 7:7


Há três verbos importantes nesse texto, os quais devem ser observados com atenção. Esperar é uma ação que, nos tempos modernos, causa incômodo e insatisfação, pois para a correria do dia a dia significa atraso, perda de tempo e de dinheiro. Mas esperar no sentido empregado pelo profeta deriva da palavra esperança e nos remete ao verbo esperançar. Mas atentemos para o fato de que esse verbo vem após o verbo olhar acompanhado de um complemento: olhar para Deus. Isso já nos dá a medida de nossa esperança e a confiança de que Ele exercerá a ação do próximo verbo: Ele nos ouvirá por certo. Esperar não tem o sentido de ficar quieto, inerte, aguardando as coisas acontecerem, como fazemos quando estamos na sala de espera do médico, do dentista ou com a senha de um atendimento ao público. Esperamos do verbo esperançar com nossos olhos voltados para o Senhor que tem o carimbo de liberação daquilo que esperamos: a cura de uma enfermidade, a libertação das drogas, a conversão alguém, a aprovação em um vestibular ou concurso, a promoção no trabalho, o cônjuge abençoado, a volta de um ente querido, o fim da crise moral e financeira por que passa o país... Essa espera é de todos, mas a diferença está em Quem colocamos nossa esperança. Quando depositando a nossa confiança e esperança em nosso próprio mérito ou mesmo em homens como nós, certamente nos frustraremos. Quando esperamos olhando para Deus Ele nos ouve e nos atende, garante o profeta. Mas esperar requer disposição, disciplina, fé, dependência de Deus, humildade e quebrantamento. A mensagem de Miqueias nos leva a refletir sobre o objeto de nossa esperança, certos de que em Deus não esperamos no vazio, sem perspectiva, mas com a convicção de que todas as coisas serão realizadas da melhor forma nas mãos de Deus, pois como afirma 2 Pedro 3:9:



O Senhor não demora em cumprir a sua promessa, como julgam alguns. Ao contrário, ele é paciente com vocês, não querendo que ninguém pereça, mas que todos cheguem ao arrependimento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!