Traduza este blog

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua iniquidade, mas o seu sangue, da tua mão o requererei. Mas, se avisares ao ímpio, e ele não se converter da sua impiedade e do seu mau caminho, ele morrerá na sua iniquidade, mas tu livraste a tua alma. Semelhantemente, quando o justo se desviar da sua justiça, e cometer a iniquidade, e eu puser diante dele um tropeço, ele morrerá: porque tu não o avisaste, no seu pecado morrerá; e suas justiças, que tiver praticado, não serão lembradas, mas o seu sangue, da tua mão o requererei. Mas, avisando tu o justo, para que não peque, e ele não pecar, certamente viverá; porque foi avisado; e tu livraste a tua alma. Ezequiel 3:18-21


O texto em epígrafe relata a missão que o Senhor deu especificamente ao profeta Ezequiel, designando-o para ser atalaia sobre a casa de Israel. A ele caberia avisar sobre o inimigo a quem estivesse desatento. Lendo essa mensagem e forma isolada sem um aprofundamento em seu contexto e sem cotejá-la à luz do Evangelho da Graça, ficamos imaginando que seremos condenados, porque as pessoas à nossa volta insistem em pecar. Mas é preciso saber que o perdão de Deus nos foi garantido no dia em que cremos em Jesus e recebemos de Deus a palavra de que todos os nossos pecados foram pagos por Ele na Cruz. Aquele que foi salvo tem a garantia do perdão, mas isso não significa que podemos pecar ou que não precisamos tirar o próximo do pecado. Quando pecamos, e isso não pode ser regra e sim uma exceção na vida do cristão, devemos confessar os nossos pecados para desfrutarmos do perdão que já nos foi garantido por Cristo. A nossa salvação não é mérito próprio e sim obra da Graça garantida pelo sacrifício de Jesus, portanto ela já nos foi assegurada. Mas Deus prometeu-nos um galardão e não podemos nos esquecer de que fomos comissionados a pregar o Evangelho e a sermos cooperadores na lavoura de Cristo.  Lembremo-nos da ordem do Senhor Jesus:



Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. (Marcos 16:15-6)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!