Traduza este blog

domingo, 20 de novembro de 2016

E disse-me: Filho do homem, eu te envio aos filhos de Israel, às nações rebeldes que se rebelaram contra mim; eles e seus pais transgrediram contra mim até este mesmo dia. Ezequiel 2:3


Ezequiel foi contemporâneo do profeta Jeremias, porém, mais jovem. Enquanto Jeremias profetizava em Jerusalém, Ezequiel anunciava a Palavra do Senhor aos cativos na Babilônia. A profecia de Ezequiel é repleta de visões e ações simbólicas, desde o seu chamado até a visão do novo templo. A mensagem que esse profeta traz aos exilados continua sendo forte nos dias de hoje, posto que muitos são os que se encontram exilados do Plano de Deus por rebeldia, assim como o que levou à queda de Jerusalém. O propósito do Senhor ao comissionar Ezequiel era levar à nação de Israel advertências da parte de Deus, sobre o julgamento iminente e deixar bem claro a responsabilidade de cada geração pelos seus pecados e assim e exortar ao quebrantamento de coração e ao arrependimento, com o conselho para que pudessem viver. O conselho que nos é dado hoje é semelhante. Precisamos buscar a santidade, com sincero arrependimento de nossos pecados. Precisamos romper os grilhões do cativeiro que a Babilônia representa para nós, com o mundanismo que cerca a Igreja e o povo escolhido. Precisamos atentar para o que nos diz o apóstolo:


Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; 1 Pedro 1:15

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!