Traduza este blog

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Portanto dize-lhes: Assim diz o Senhor DEUS: Não será mais adiada nenhuma das minhas palavras; e a palavra que falei se cumprirá, diz o Senhor DEUS. Ezequiel 12:28


Deus se dirige ao profeta Ezequiel e faz questão de deixar claro que sua palavra seria cumprida ali, naquele tempo presente, sem mais qualquer adiamento. Mas o povo se deixava iludir pelas falsas profecias, porque, como hoje, em vez de dar ouvidos ao chamado para restauração e santificação, preferia ouvir palavras de otimismo, promessas de prosperidade mesmo sem respaldo bíblico ou vindas de pessoas cujas vidas não atestam o que dizem. O Senhor volta a afirmar à casa rebelde que não haveria mais nenhuma visão vã, nem adivinhação lisonjeira, no meio da casa de Israel. Ezequiel recebeu a missão de mostrar ao povo o caminho da restauração e ainda hoje o Senhor comissiona profetas para exortar a Igreja ao arrependimento, a confiar nas promessas Dele, pois é fiel e absolutamente digno de confiança. A as Suas palavras não falharão. Ele é fiel na sua natureza e nas suas ações. O Senhor comprova a sua fidelidade ao cumprir as suas promessas. A Bíblia está cheia de preciosas promessas feitas aos seus filhos. Contabilizamos mais de 30 mil registros. Sabemos que a fidelidade é uma perfeição em Deus e que Ele nunca quebra um contrato consigo mesmo nem com Suas criaturas. O que Ele propôs, fará, e o que prometeu, executará. Ele é infalível! Nunca falhou, não falha e jamais falhará! Mas precisamos entender que o cumprimento de uma promessa feita por Deus está vinculado a pelo menos dois requisitos: a uma determinada condição que depende do homem e ao tempo determinado por Deus para seu cumprimento. Se o homem não atender ao requisito estabelecido por Deus, então a promessa não se cumpre. Mas se esperarmos com fé e confiança, no tempo de Deus, certamente, veremos o cumprimento da promessa em nossas vidas. Façamos, pois, a nossa parte e esperemos, como nos ensina o apóstolo Paulo em Romanos 4:21


E estando certíssimo de que o que ele tinha prometido também era poderoso para o fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!