Traduza este blog

domingo, 13 de novembro de 2016

Maldito aquele que fizer a obra do Senhor fraudulosamente; e maldito aquele que retém a sua espada do sangue. Jeremias 48:10


A palavra do profeta foi dirigida aos israelitas chamados a castigar os moabitas pela sua história de desrespeito a Deus, mas ela pode ser atualizada hoje sendo dita àqueles que não cumprem sua tarefa com diligência no trabalho do Senhor que condena o engano, a hipocrisia, a negligência, a preguiça e a falta de zelo na Sua Obra. E isso não resume aos líderes nas igrejas, mas a todos aqueles que são membros do Corpo de Cristo. Se Deus nos deu a missão de anunciar as boas novas, para que a salvação alcance todos os homens, a espada aqui não é mais a arma de guerra, mas a Palavra que traz a mensagem do sangue de Jesus derramado na Cruz. Não nos cabe hoje a vingança, mas a misericórdia e o amor pelas almas. Todos, sem exceção devem ter um ministério na Igreja de Cristo e isso não quer dizer cargo, título ou posição. Como ministros, somos chamados a servir, pois esse é o significado real da palavra ministro: aquele que serve. E Jesus humildemente nos deu esse testemunho quando lavou os pés dos discípulos. (João 13). Na Igreja de Cristo, todos devemos trabalhar incansavelmente, todos somos obreiros, exercendo um ministério, portanto, seremos malditos ou abençoados de acordo com nossa postura diante do trabalho Evangelistas são obreiros (2 Timóteo 2:15), porque trabalham para pregar o Evangelho. No Novo Testamento, todos os cristãos são sacerdotes (1 Pedro 2:5,9), ainda que só alguns exerçam a função de pastores, presbíteros ou bispos (Atos 20:17,28), ungidos com a tarefa de guiar, mas não de dominar o rebanho (1 Pedro 5:1-3). Por isso, devemos cooperar com aqueles que servem ao Senhor, sejam evangelistas, pastores, bispos...(3 João 5-8; Romanos 16:1-2). Nossa participação ativa na Igreja do Senhor deve refletir a determinação de sermos obreiros aprovados. Mas o verdadeiro obreiro será guiado pela vontade de Deus e para isso deve conhecer
bem a Palavra de Deus para se apresentar a Deus aprovado


como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (2 Timóteo 2:15a) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!