Traduza este blog

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérbios 31:30


Enquanto a sociedade se orienta pela mídia e pelas mais novas tendências da moda, os cristãos devem se pautar pela Palavra de Deus até mesmo em relação ao que se vestir e como se apresentar socialmente. A Bíblia deixa claro que a beleza que realmente tem valor aos olhos de Deus é a beleza interior e que nosso corpo é templo do Espírito Santo. De nada adianta nos apresentarmos segundo a cartilha da moda se somos como sepulcro caiado. Mas também se nos esforçarmos para agradar a Deus procurando ter um interior belo que agrade ao Senhor, não podemos ignorar que a beleza externa precisa ser observada, porque ela mostra nossa atitude diante dos homens, como um reflexo do que há dentro de nós. Contudo, a beleza exterior que agrada a Deus e aos homens só pode existir se o interior for agradável a Deus. Uma coisa é um vestuário adequado ao clima, ao local e à ocasião e outra coisa um vestuário para ser o centro das atenções. Quais são os motivos que nos levam a escolher nossas roupas e acessórios definem nossa aparência interna e externa. É o nosso coração e as nossas intenções diante de Deus e do próximo que ditarão como serão o nosso guarda-roupa e a nossa aparência. A elegância sem afetação agrada a Deus e nossa aparência deve revelar a beleza de Deus que há dentro de nós, por isso Jesus nos exorta em Mateus 5:16:


"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!