Traduza este blog

sábado, 8 de outubro de 2016

Atentei para todas as obras que se fazem debaixo do sol, e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito. Eclesiastes 1:14


Salomão é conhecido por sua grande sabedoria, mas também por ser um homem bem sucedido, inteligente, próspero. Na concepção de muitos em nossos dias, o homem mais feliz da terra se tudo isso fosse garantia de felicidade. A Bíblia nos mostra que Salomão foi um homem que buscou a felicidade e foi engrandecido entre os homens. Talvez homem nenhum na face da Terra tenha alcançado a fama e o poder que Salomão alcançou, conforme lhe disse o próprio Deus disse em I Reis 3:12 - Eis que fiz segundo as tuas palavras; eis que te dei um coração tão sábio e entendido, que antes de ti igual não houve, e depois de ti igual não se levantará. Mas não podemos assegurar que tudo isso tenha feito de Salomão um homem feliz. Provavelmente, ele não nos recomendaria que tivéssemos uma vida igual a dele, pois o valor de nossa vida não consiste no que possuímos. Vemos que Salomão refletiu sobre tudo isso e ponderou que tudo era vaidade e aflição de espírito, e que proveito nenhum havia debaixo do sol. Veremos que a vida de uma pessoa pode ser muito boa desde que esta seja vivida para Deus e para os Seus propósitos. Fora isso, ela será vaidade e correr atrás do vento, pois a felicidade é um processo não um produto.


Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso; 1 Coríntios 3:21 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!