Traduza este blog

domingo, 16 de outubro de 2016

Conjuro-vos, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis nem desperteis o meu amor, até que queira. Cânticos 2:7


O livro de Cantares foi dedicado ao amor entre um homem e uma mulher e é a expressão poética do amor erótico apresentado por Salomão. Isso nos faz pensar que Deus também se interessa pela paixão romântica e por isso inspirou Salomão a escrever Cantares e a nos orientar sobre como identificar a paixão superficial e amor verdadeiro. E uma das orientações do sábio é de que não se deve despertar o amor antes do tempo. O amor verdadeiro sabe esperar, não é precipitado, precoce, adiantado ou impaciente. Ao contrário do que o mundo ensina, para se conquistar o verdadeiro amor não é preciso manipular as circunstâncias, não é necessário usar estratégias de sedução, tampouco se precipitar em uma relação. A mensagem de Deus, por intermédio de Salomão em Cantares é simples e clara: Deus reserva os maiores prazeres para aqueles que saibam esperar o tempo Dele! Não é preciso apressar o amor, nem queimar etapas na relação. Por isso Paulo em 1 Coríntios 13, que descreve o amor verdadeiro:

"É paciente... não arde em ciúmes... não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses... tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!