Traduza este blog

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos recompensou segundo as nossas iniquidades. Salmos 103:10


Nossa tendência é nos esquecermos de que somos pecadores e assim nos julgamos melhores do que somos e deixamos de reconhecer a graça e a misericórdia de Deus em nossas vidas. Como o salmista nos lembra, Deus não nos trata conforme os nossos pecados, nem nos retribui segundo as nossas iniquidades. Nada merecemos e temos tanto! Mas somos ingratos e pretensiosos quando julgamos que nossa força pessoal ou inteligência nos garante ser o que somos ou ter o que temos. Não fosse pela misericórdia de Deus já teríamos perecido. Pela Graça de Deus somos libertos e salvos e por Sua infinita bondade somos justificados. O salmista soube reconhecer isso e o apóstolo Paulo nos ensina a fazer o mesmo. Vemos as palavras graça e paz em todas as saudações nas epístolas de Paulo às igrejas. Precisamos compreender, como esses homens, que Deus nos dá Graça, que nós como pecadores, não merecemos. E até mesmo em nossos momentos mais difíceis Ele nos dá força para suportar. E pela Sua infinita misericórdia Deus impede que recebamos o que realmente merecemos. Assim, como Davi e Paulo, mesmo nos piores momentos, podemos ter a tranquilidade interior porque o nosso Deus está no controle e podemos ter a confiança de que por toda nossa vida o Senhor nos dará a graça, a misericórdia e a paz que precisamos para viver para Ele, pois o próprio Jesus nos disse em João 14:27:

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo” 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!