Traduza este blog

domingo, 22 de maio de 2016

Agora, pois, ó Senhor nosso Deus, te suplico, livra-nos da sua mão; e assim saberão todos os reinos da terra que só tu és o Senhor Deus. 2 Reis 19:19


Esse versículo registra parte da oração de Ezequias e nos mostra que Deus ignora a oração do ímpio, mas torna eficaz a oração fervorosa do justo. Deus ouviu o clamor de Ezequias para livrar Israel da mão Senaqueribe, o rei da Assíria, que ameaçava  Jerusalém, blasfemando o nome de Deus, e levar o povo a rejeitar a liderança de Ezequias e se entregar aos assírios. Quantos senaqueribes estão em ação por aí, corrompendo o povo e blasfemando o nome de Deus subjugam o povo que tira os olhos do Senhor. Quando conhecemos e admitimos nossos erros e colocamos diante de Deus nossas limitações, pedindo-lhe que nos livre de nossos inimigos, fechamos as brechas, em vez de jogar a culpa nos outros, Deus nos livra.  A Bíblia nos dá vários exemplos sobre eficácia das orações do povo de Deus. Em Tiago 5:16, podemos encontrar uma declaração clara dessa verdade:

 "Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!