Traduza este blog

domingo, 13 de março de 2016

Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais; e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas. Deuteronômio 28:4


  Quem se dedica a ler a Bíblia e a refletir sobre o que nela está registrado observa que as bênçãos ocupam grande importância e têm o caráter de legado aos que dela se beneficiam. Com o episódio de Esaú e Jacó vemos que uma vez pronunciadas as bênçãos não poderiam ser revogadas, ainda que baseadas em um engano. A bênção Deus, ao contrário da prosperidade do mundo, traz prazeres e júbilos em vez de tristeza e de insatisfação. As bênçãos espirituais são grandes riquezas de Deus para seus filhos que se regozijam em tudo o que recebem, ainda que diante do mundo pareçam pobres. Sabemos que muitos servos de Deus nada têm materialmente, no entanto são fortalecidos e consolados e são prósperos em tudo o que fazem. O que têm lhes basta, pois bendito é o fruto de tudo que produzem e que adquirem.


“Ouvi, meus amados irmãos: Porventura, não escolheu Deus aos que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos na fé e herdeiros do Reino que prometeu aos que o amam?” (Tiago 2:5).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!