Traduza este blog

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Deus é amor e tem se manifestado aos homens de diversas maneiras: Através de sua criação, da provisão, da saúde, e da vida. O amor de Deus foi personificado e provado na pessoa e na obra de Jesus Cristo, que veio e morreu pelos nossos pecados. Romanos 5:8-9


Ninguém se surpreende mais com notícias trágicas, com histórias de filhos que matam pais, ou de pais que matam filhos, ou de irmãos que se enfrentam por dinheiro. A mídia revela um panorama de violências, discórdias, ódios, tragédias e mortes. A ciência e a tecnologia evolui na mesma proporção em que o amor se esfria. Apesar de todo avanço tecnológico, desenvolvimento industrial e econômico, o comportamento do homem em relação ao seu semelhante involui. O homem está cada vez mais perverso. Tem se tornado rotina a notícia de bebês encontrados nas lixeiras ou em calçadas do país, assim como já são  consideradas banais as notícias sobre atentados que envolvem crianças e pessoas inocentes em prol de causas mundanas. Se pudéssemos definir o estado emocional deste mundo, não titubearíamos em afirmar que é um mundo sem amor. Quanto mais o homem adquire conhecimento secular, mais se afasta do amor de Deus e se envereda pelo caminho do pecado. O dinheiro, o poder, o status não preenchem a lacuna que só pode ser preenchida quando o homem experimenta o amor de Deus em sua plenitude. Quem nunca experimentou o amor, não o conhece, e quem não recebe amor é incapaz de amar ou de aceita o amor em sua vida. Precisamos atender à exortação do profeta Isaías 33:13
"Ouvi, vós os que estais longe, o que tenho feito; e vós que estais vizinhos, conhecei o meu poder. Isaías 33:13

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!