Traduza este blog

sexta-feira, 15 de maio de 2015

"E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo." Mateus 24:12-13


A Bíblia relata, desde os primeiros tempos, atos de crueldade praticados pelos homens, mas atualmente o que vemos extrapola o entendimento e mostra um paradoxo entre os níveis de conhecimentos e a índole das pessoas. Vivemos uma época em as atrocidades se revelam com requintes de maldade como nunca antes visto e não só em relação à violência gratuita e desumana que vemos pelas ruas. A forma egoísta e desprovida de sensibilidade com que as pessoas de bem são tratadas também por aqueles que deveriam ser seus lideres ou protetores é assustadora. Guerras, atentados, sequestros, assassinatos, filhos matando seus pais, pais matando seus filhos, lares destruídos, busca a qualquer preço por dinheiro e poder, corrupção generalizada, governantes e policiais que deixam à mingua inocentes, enquanto se beneficiam do que seria público. Vivemos uma época que representa bem o que Jesus se referiu no texto em epígrafe. Mas nós precisamos fazer a diferença e exercitar o verdadeiro amor que emana do Pai, se alimentarmos nossos corações com a Palavra de Deus. Lembremos que, apesar de todas as circunstâncias adversas temos que nos lembrar do que disse o Senhor:
Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. Mateus 24:13

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!