Traduza este blog

domingo, 31 de maio de 2015

Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor o sustém com a sua mão. Salmos 37:24


O salmista reconhece que a promessa de Deus não falha e que aqueles que creem podem até ser atirados ao chão por algum motivo alheio às suas vontades. Pode ser a perda de uma pessoa querida, por morte ou abandono, pode ser a perda do emprego, ou de uma esperada promoção ou reconhecimento. Podemos ser desestimulados por causa de um pecado. Mas uma coisa é cair e outra, completamente diferente, é desistir e permanecer prostrado. Todos estamos sujeitos à queda, à dor, ao sofrimento e quem já passou por isso sabe que a dor devasta. Nessa  vida em que tudo é passageiro o certo é que quem está no alto pode cair e quem está por baixo pode subir. Todavia, precisamos entender que Deus está no controle e se a Ele entregarmos nossas aflições teremos serenidade e força suficientes para superar esses momentos sem ficarmos prostrados. No entanto, mais do que esperar em Deus que Ele satisfaça as nossas necessidades físicas nesse mundo, precisamos crer e esperar que Ele nos sustente na fé, certos de que somos eleitos para uma vida incorruptível ao Seu lado, pois é o Senhor quem nos diz:
E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. João 10:28

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!