Traduza este blog

quinta-feira, 16 de abril de 2015

“Porém o SENHOR disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração”. (1 Samuel 16:7)

Deus está interessado em quem realmente somos, não naquilo que aparentamos ser. Algumas vezes nós podemos ser enganados por algumas coisas que parecem boas externamente, mas Deus nunca pode ser enganado. “O homem vê o que está diante dos olhos, porém, o Senhor olha para o coração.” É o que diz o texto em epígrafe. Nosso caráter está relacionado com quem somos quando ninguém está nos olhando. Nossa reputação, por outro lado, diz respeito à nossa conduta. Como  somos vistos ou percebidos por outros. O cristão não pode desvincular as duas coisas. Deve se conduzir diante dos outros da mesma forma que agiria se estivesse longe dos olhos dos outros. Vestir uma capa de “crente”, empunhar uma Bíblia aos domingos, ou colocar o selo da igreja não faz de ninguém um cristão. Cristão é aquele que faz como Cristo faria. A base da nossa reputação deve ser a de um Caráter Cristão. Sem nos deixarmos contaminar pelas sugestões do mundo. Quantos de nós somos enganados por aparência, julgamos que alguém é de uma forma e, com o tempo, enxergamos que o coração não reflete aquilo que vemos. Caráter é construído e é provado no fogo e pode ser forjado se quisermos e estivermos dispostos verdadeiramente a mudar. Não no discurso para convencer alguém a nos aceitar, mas em atitudes verdadeiras, diante de Deus. Não há como nos esconder do Senhor, por isso, coloquemos diante dele a nossa personalidade. Só o Espírito Santo pode nos transformar verdadeiramente.
“O SENHOR é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; assim o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!