Traduza este blog

quarta-feira, 15 de abril de 2015

O ímpio toma emprestado, e não paga; mas o justo se compadece e dá. Pois aqueles que são abençoados pelo Senhor herdarão a terra, mas aqueles que são por ele amaldiçoados serão exterminados. Salmos 37:21-22


A Bíblia é muito clara quando se refere ao tratamento justo do Senhor em relação aos que agem com desonestidade e aparentemente se dão bem, tirando daqueles que são fiéis a Deus e solidários ao próximo. Aquele que toma emprestado e não paga é devedor do Senhor e ainda que se escuse ou encontre justificativas para não saldar suas dívidas será cobrado. Observemos que o salmista afirma com segurança, e com a experiência de quem recebeu do Senhor essa lição, que serão amaldiçoados e exterminados os que agem com impiedade. Mesmo que caia, que passe por dificuldades temporárias, o justo não será abalado e encontrará descanso e provisão, ao passo que o ímpio receberá o castigo pelos atos. Quem tira do filho da viúva, do órfão ou do desamparado jamais terá descanso e ainda que seu filho se farte com o pão da desonestidade, ou que desfrute dos bens dos justos, a Palavra de Deus assevera que pagará o preço a seu tempo e aquele que age com retidão, que se compadece e empresta, socorrendo o injusto na hora da necessidade receberá de Deus o seu quinhão: 

Pois o Senhor ama a justiça e não desampara os seus santos. Eles serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada. Salmos 37:28

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!