Traduza este blog

segunda-feira, 9 de março de 2015

“O que confia no próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo”. Provérbios. 29:26


Quando o sábio nos exorta a não confiar em nosso coração, ele está nos ensinando a prudência para que as nossas decisões sejam sensatas e não calcadas em emoções. Em qualquer área de nossas vidas a intempestividade é uma inimiga implacável. Fazer escolhas sem a devida ponderação, ou baseada em emoções passageiras é temerário, mas na área sentimental é um risco incalculável. O apóstolo Paulo nos ensina que o cristão tem liberdade de escolher o que quiser fazer de sua vida. No entanto, ele precisa agir com prudência sabendo que pode escolher o que plantar, mas não o que colher. Precisamos entender que nem sempre o que queremos e podemos fazer é algo conveniente. Nem a pessoa que nos atrai é a pessoa certa. É preciso sabedoria divina para discernir com quem se relacionar. A prudência nos ensina a buscar relacionamentos com pessoas que compartilham da mesma fé e dos mesmos valores morais que nós. Se o nosso coração é enganoso, o melhor caminho é seguir as orientações do Senhor. Se a Palavra de Deus não é aceita pela pessoa com quem me relaciono, então essa pessoa não pode ser eleita por mim como companheira. Se Cristo não pode ser compartilhado ou pelo menos vivido no ambiente em que estamos, então este não é um lugar conveniente e eu não deveria estar nele. E essa regra se aplica a todas as áreas de nossas vidas. Agir com prudência é saber que temos  liberdade, mas que devemos usá-la com responsabilidade. Temos  poder de decisão, mas devemos cuidar para não nos tornarmos escravos das escolhas feitas. Por isso precisamos de prudência, para saber o que escolher e autocontrole, para não cairmos nas armadilhas que nos são preparadas. Deus espera autocontrole e responsabilidade dos seus servos, por isso precisamos nos lembrar das sabias palavras de Paulo:

“todas as coisas me são lícitas”; “nem todas convêm”; “não me deixarei dominar”. (I Coríntios 6:12).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!