Traduza este blog

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Enviou-os, pois, Moisés a espiar a terra de Canaã; e disse-lhes: Subi por aqui para o lado do sul, e subi à montanha: E vede que terra é, e o povo que nela habita; se é forte ou fraco; se pouco ou muito. E como é a terra em que habita, se boa ou má; e quais são as cidades em que eles habitam; se em arraiais, ou em fortalezas. Números 17-19



Esses versículos narram a passagem em que Moisés envia doze homens a espiar a terra de Canaã. Vemos que prestes a receber a benção, o povo que vagou por quarenta anos após sair do Egito foi testado. Com esse episódio aprendemos que Deus nos prova assim como Ele testou aqueles homens. Ele nos manda à terra prometida para saber até onde vamos com Ele. Muitos vão quando tudo vai bem, mas Ele quer saber se iremos com Ele também nos momentos difíceis. Muitos são os que desistem quando encontram obstáculos que se apresentam como gigantes. Muitos são os que se veem pequeninos diante desses impedimentos. Mas precisamos saber que Deus observa o posicionamento tomado. E diante de nossas atitudes  mostramos o nosso potencial para receber as bênçãos, sabendo que há dois tipos de homens, os que vão vencer e os que vão permanecer no deserto. A atitude é a chave para abrir ou para fechar a porta das bênçãos. Podemos escolher o posicionamento de vencedor demonstrado por Calebe e Josué ou pelos dez espias que se intimidaram diante do que viram. Muitos de nós olhamos para o tamanho do problema e não para o tamanho de Deus. Isso nos faz derrotados e não vitoriosos. A terra prometida está aí para que dela tomemos posse. Mas Deus exige santidade, conhecimento da palavra, comunhão e busca constante da presença de Sua presença.

 “Todos os homens que viram a minha glória e os meus sinais, que fiz no Egito e no deserto, e me tentaram estas dez vezes, e não obedeceram à minha voz, Não verão a terra de que a seus pais jurei, e nenhum daqueles que me provocaram a verá. Porém o meu servo Calebe, porquanto nele houve outro espírito, e perseverou em seguir-me, eu o levarei à terra em que entrou, e a sua descendência a possuirá em herança.” (Números 14:22-24).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!