Traduza este blog

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me. Marcos 8:34




A Cruz não é um pedaço de madeira, ou um símbolo, uma joia que se ostenta, tampouco um sinal de bendição que se faz como um ritual. A Cruz é um estilo de vida! É a confirmação de nossa vontade de seguir Jesus em todos os sentidos, fazendo a Sua vontade, seguindo os Seus passos. Esse é o sentido de negar a si mesmo, e para fazermos isso não há outra forma a não ser matar os desejos pecaminosos da nossa carne, abandonar nosso orgulho e egoísmo, preocupando-nos com as necessidades dos outros, assim como Jesus. A Cruz não um fardo para carregar, ela é a nossa honra e o meio de conhecermos a Deus e experimentarmos Sua perfeita vontade. Carregar a Cruz é uma opção, não uma obrigação, mas se assim escolhermos devemos atentar para essas palavras registradas em Lucas 9:62:

“E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!