Traduza este blog

domingo, 23 de novembro de 2014

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças. E a paz que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.” Filipenses 4: 6-7.



O Senhor nos permite descansar quando esperamos e confiamos Nele é isso que garante o apóstolo Paulo em carta aos filipenses. Quando temos paz, na verdade possuímos tudo, pois com a paz vem o equilíbrio, o bom senso, o sossego e o entendimento entre as pessoas. Paulo nos exorta a não andarmos inquietos por coisa alguma; e para fazermos petições diante de Deus, com oração, súplicas, e, principalmente, com ação de graças. Assim a paz que excede todo o entendimento, guardará os nossos corações e os nossos sentimentos. A paz que excede todo o entendimento é a paz verdadeira que nos permite estar serenos no meio ao caos e manter o espírito firmado em Cristo enquanto o mundo se debate em conflitos em busca de status e vaidades. A paz de Cristo é diferente da paz do mundo. Não é a ausência de conflitos, mas o equilíbrio no conflito e a certeza de seremos vencedores em Cristo Jesus. A paz de Deus ultrapassa a compreensão intelectual. Ela da convicção de que Deus está no controle de todas as coisas e se Ele é por nós, quem poderá se levantar contra?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!