Traduza este blog

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor" ( Gl 5:6 ).


  É natural que, quando uma pessoa se converte ela procure mudar os velhos hábitos e busque andar como lhe orientam os líderes, responsáveis pelo seu disciplulado. Todavia, é preciso que ela preste muita atenção ao que é orientação de Deus e o que é doutrina humana. As orientações são partes de regras de conduta e elas servem para a organização de um lugar, de uma instituição, mas não podem ser confundidas com a Palavra. Não podem ser mais importantes do que o conteúdo das Escrituras. O apóstolo Paulo preocupou-se em esclarecer isso aos cristãos, por causa das inúmeras obrigações que eram impostas aos novos convertidos, advindas da tradição religiosa. E deixou claro que estas obrigações não passavam de preceitos e doutrinas dos homens. numa sociedade cujo padrão de comportamento muda de tempos em tempos e mais rápido ainda com a influência da mídia precisamos nos perguntar qual deve ser o comportamento do cristão na sociedade em que convive. Primeiro o cristão deve compreender que todos os homens, antes de crerem em Cristo, estavam entregues as suas próprias paixões, aos sentimentos perversos e faziam o que era inconveniente.  E isso significa que antes eram corrompidos pelos desejos da carne (instinto), fazendo a vontade da carne e dos pensamentos, por isso  Paulo nos exorta em Efésios 4:17-19:  “E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente. Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza”. Quando aceita a Cristo como Salvador, o cristão nasce de novo e assim como uma criança, desenvolve na medida em que é ensinado, segundo os exemplos que vive, de acordo com os preceitos que recebe.  A mudança que ocorrerá é gradativa, e processual, pois demanda a renovação do entendimento ( Romanos 12:2 ). Paulo lembra que é pela renovação do entendimento que o cristão deixará de agir conforme o mundo. Assim, ele ao ser instruído segundo a palavra da verdade, saberá discernir entre o bem e o mal e não se prenderá aos costumes e religiosidades institucionais, sabendo, pelo Espírito o que é palavra de Deus e o que é coisa do homem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!