Traduza este blog

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. (Josué 1:7).


O equilíbrio é uma força que nos mantém dentro do propósito de Deus para a nossa vida. Vemos neste versículo que Deus diz a Josué para ele manter o equilíbrio, pois só assim será vencedor naquilo que se propõe. O equilíbrio faz parte da estrutura da criação de Deus, pois tudo o que Ele criou  foi feito para funcionar de forma equilibrada. Essa premissa vale para todas as áreas, situações e elementos da natureza e da humanidade. O nosso planeta para se sustentar precisa se manter em equilíbrio, tanto em relação ao clima, ao relevo, quanto em relação aos seus habitantes. Quando estão em desequilíbrio, o sistema entra em colapso. Um desequilíbrio climático leva à alterações do relevo que levam ao desequilíbrio ambiental e ao consequente desequilíbrio da população. De igual forma, hormônios em desequilíbrio alteram o funcionamento do corpo humano. De situações sociais a individuais, tudo se mantém saudável se estiver em equilíbrio. O casamento é um exemplo da necessidade de duas pessoas diferentes buscarem o equilíbrio para que se mantenha saudável. O equilíbrio, nesse caso, fundamenta-se na busca constante de um consenso. Ambos precisam ceder em algum momento, pois quando a concessão é feita só por um dos membros dessa sociedade conjugal o desequilíbrio é evidente. O casamento foi criado por Deus para funcionar em equilíbrio. Tudo o que Deus criou foi para funcionar equilibradamente. Assim, tudo o que sai de um estado de equilíbrio sai do propósito de Deus. Aquilo que perde o equilíbrio transforma-se em algo prejudicial para a nossa vida, ainda que tenha sido criado para o bem. Não é à toa que Deus diz a Josué para não se desviar nem para a direita nem para a esquerda. Isso é manter o equilíbrio. Tudo o que Deus criou é saudável e perfeito, mas se usamos de forma desequilibrada torna-se prejudicial. O trabalho é bom, mas em excesso é tão ruim quanto a preguiça. Água é saudável e necessária à vida, mas em excesso é prejudicial. Com a comida ocorre o mesmo, nosso corpo precisa de um balanceamento de várias substâncias para se manter saudável, por isso a falta ou o excesso desses nutrientes também causa desequilíbrio e adoecimento. A tecnologia, em especial com o advento das redes sociais, é algo positivo, todavia seu uso em excesso desequilibra as relações pessoais e sociais.  Até mesmo o dinheiro em excesso, tal qual sua falta é prejudicial. Prosperar é saudável, segundo Deus, mas se prosperamos financeiramente em detrimento de nossa vida pessoal, ou espiritual estamos causando um desequilíbrio que nos afasta da vontade de Deus. Precisamos aprender a ser equilibrados em todas as áreas de nossas vidas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!