Traduza este blog

domingo, 19 de janeiro de 2014

Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Jeremias 31:33b

A lei de que trata o profeta Jeremias configurou-se como a Nova Aliança,  solução que Deus nos deu para a rebelião humana, desde que o pecado foi tomando conta da humanidade. O pacto que Deus fez com a casa de Israel foi recebido por todos aqueles que compreenderam e aceitaram o sacrifício de Jesus Cristo, conforme a Bíblia diz em Lucas 22:20 “Semelhantemente, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto em meu sangue, que é derramado por vós”. É pela Nova Aliança que foi possível o perdão para os nossos pecados. Mas precisamos entender que essa Aliança é efetivada por meio de um relacionamento pessoal e íntimo com Deus. Isso é pessoal e intransferível, não pode ser delegado, pois cada pessoa tem que nascer de novo para ser incluída nesta aliança, conforme ensina Jesus em João 3:1-16. É importante sabermos que essa Aliança durará por toda a eternidade e  não pode ser quebrada, uma vez que se baseia na morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!