Traduza este blog

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Ninguém, pois, engane ao seu próximo; mas terás temor do teu Deus; porque eu sou o Senhor vosso Deus. Levítico 25:17


A ordem do Senhor no Antigo Testamento e registrada em Levítico continua válida ainda hoje. Quem ama o próximo, de acordo com o segundo mandamento do Senhor no Novo Testamento, não o engana, mas faz a ele assim como gostaria que lhe fosse feito. Quem tem temos de Deus e cumpre o que diz o primeiro mandamento não engana a seu próximo de forma alguma. Não mente, não calunia, não rouba, não furta, não faz promessas em vão, não toma emprestado e não paga, não usa de artifícios para ludibriar em nenhuma situação. Tudo aquilo que foge da verdade nos afasta de Deus, conforme ensina a Bíblia em vários momentos tais como: Gênesis 3:4-5; 1 Timóteo 4:1-2; Apocalipse 22:15; Salmos 101:6,7. Efésios 4:25 nos ensina que Deus quer que acabemos com a mentira, pois Ele quer que sejamos felizes uns com os outros, conforme lembra o apóstolo Paulo em Colossenses 3:9.  O apóstolo nos ensina que a mentira cauteriza a consciência – 1 Tm 4.2, pois uma mentira chama outra mentira assim como um abismo chama outro abismo. Quem conhece a Deus não vive na mentira , não engana o irmão em nenhuma circunstância, mas sempre é tempo de nos redimirmos, de pedir perdão, de saldar as nossas dividas, para restaurarmos nossas relações com os irmãos e, principalmente com Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!