Traduza este blog

sábado, 11 de janeiro de 2014

A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. Hebreus 1:2


Conforme afirma o autor de Hebreus, Jesus é o  legítimo herdeiro de Deus e por essa razão é a Ele a quem devemos recorrer. Não há outro nome, não há outro intercessor. Jesus tem a procuração de Deus, tem autoridade e legitimidade para exercer o poder na terra e no céu porque é o único e legítimo herdeiro. Não é preciso reconhecer um milagre, passar por um processo eclesiástico ou que o autorize a ser chamado de santo ou a interceder a Deus por nós. Isso já foi feito e a legitimação de seu poder foi dada na Cruz. Contudo, o mundo ainda não se deu conta disso e continua adorando, reverenciando ou se dirigindo a outros nomes, cultuando deuses estáticos, fabricados pelas mãos humanas, ou feito santos por critérios do homem, “Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus”; (Hebreus 9:24) quando Deus já deixou claro que “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem”. (1 Timóteo 2:5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!