Traduza este blog

segunda-feira, 20 de maio de 2013


" voltei-me, e vi debaixo do sol que não é dos ligeiros a carreira, nem dos fortes a batalha, nem tampouco dos sábios o pão, nem tampouco dos prudentes as riquezas, nem tampouco dos entendidos o favor, mas que o tempo e a oportunidade ocorrem a todos." Eclesiastes 9:11


A parábola dos talentos retoma o que o sábio rei demonstra no texto em epígrafe: a oportunidade é dada a todos, porém o que cada pessoa faz com o que lhe foi dado debaixo do céu é que determinará o resultado.  Embora tempo e oportunidade ocorram a todos, cada pessoa tem capacidade diferente, ou usa o dom que recebeu de forma particular. Por esse motivo temos variedade de profissões no mundo, assim como temos diferentes formas de ministérios ou de exercê-lo, conforme diz o apóstolo e Romanos 12: 6-8: "De modo que, tendo diferentes dons segundo a graça que nos foi dada, sejam eles exercidos segundo a medida da fé." Deus conhece a capacidade e fé de cada homem e de forma justa distribui dons, mas espera que cada um faça a sua parte. Cabe a cada um exercer com responsabilidade a administração do talento recebido. Por isso quem recebe um talento recebe uma oportunidade e deve fazer bom uso dele.  Há um provérbio italiano que diz: “Toda manhã, na África, um Leão acorda. Ele sabe que deverá correr mais rápido que a Gazela ou morrerá de fome. Quando o sol surge no horizonte, não importa se você é Leão ou Gazela, é melhor você começar a correr.” Em outras palavras: não importa de onde você vem, aproveite a oportunidade que Deus lhe deu debaixo do céu e faça a sua parte. Isso fará a diferença.

                                                                                                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!