Traduza este blog

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013




Que darei eu ao SENHOR, por todos os benefícios que me tem feito? Salmos 116:12

A pergunta feita pelo salmista deve ser também um ponto para nossa reflexão. Não é necessário esperar chegar o fim de ano, ou o dia de Ação de Graças para fazermos isso, pois esse  deve ser um motivo de nosso questionamento diário ao Senhor. Que daremos ao Senhor pela bênção de estarmos vivos, pelos livramentos diários, pela graça da salvação, assim como por habitarmos em família, por termos trabalho, amigos, alimento, dentre tantas bênçãos que não são reconhecidas porque nos acostumamos em tê-las. Há uma expressão da sabedoria popular que diz que só damos valor a alguma coisa quando a perdemos. Às vezes, não valorizamos as pessoas a nossa volta, não consideramos os amigos que estão ao nosso lado, mas quando estamos na pior, quando nos sentimos abandonados é que percebemos o quão felizes éramos. De igual modo não damos importância aos nossos familiares, ou não nos esforçamos para conviver com eles e só  damos o seu real valor quando nos sentimos sós, ou estranhos no mundo. Deus tem colocado ao nosso lado pessoas que nos abençoam e também permite que adversários se aproximem de nós, mas tanto os amigos quando os adversários contribuem para o nosso crescimento quando reconhecemos a presença de Deus e Sua mão abençoadora em nossas vidas. Até  mesmo  o mal que nos fazem Deus usa em nosso favor. Não nos esqueçamos de render graças ao Senhor pelas bênçãos cotidianas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!