Traduza este blog

terça-feira, 27 de novembro de 2012


“Faze-me conhecer, ó Senhor, o meu fim, e a medida de meus dias; faze-me conhecer a minha fragilidade. Mediste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti. Todo homem é como um sopro. Todo homem anda como uma sombra: em vão se inquieta; amontoa riquezas, sem saber quem as levará.” Salmos 39:4-6

Davi escreveu esse salmo em um momento de quebrantamento diante do Senhor. Mesmo sendo ele um rei vitorioso e reconhecido pelas suas conquistas, jamais se deixou contaminar pela vaidade e pela soberba. Ele se humilha e reconhece a sua fragilidade diante da grandeza de Deus e sabe que sua glória terrena não pode ser maior do que a Glória de Deus e não pode se sobrepor ao desejo de conquistar o Reino de Deus.  Davi reconhece que a sua vida está nas mãos de Deus e que todos os seus dias já estão determinados, pois o Senhor conhece cada momento de sua vida. Devemos agir como Davi, sem jamais nos deixar dominar pela sedução deste mundo, precisamos buscar primeiro o Reino de Deus. Davi nunca desejou ser rei e foi o maior deles. Nunca teve a pretensão de ser maior do que seus irmãos e não foi somente rei entre eles, mas é reconhecido por dar origem à linhagem  ao Rei dos Reis. Ao meditar e falar com Deus, ele percebe que a vida é muito curta e que não é nada, diante da grandeza de Deus. Percebe que não vale à pena ficar inquieto, angustiado, estressado, para adquirir ou ajuntar riquezas, pois da vida não se leva nada e tudo aqui é vaidade. Sabiamente, ele busca respostas em Deus “Faz-me conhecer...”  E pede  sabedoria para conhecer a sua finitude a fim de não se engrandecer no que é passageiro. Quantos não estão perdendo a sua vida em busca de tesouros terrenos, de poder e de vaidade, sem buscar o que é mais precioso e incorruptível? Na continuidade deste salmo, Davi deposita toda sua confiança e esperança em Deus e é a atitude na qual devemos nos espelhar! Assim como Davi, precisamos ser  humildes, reconhecendo a nossa fragilidade como ser humano e jamais deixar que a soberba entre em nossa vida. Precisamos  reconhecer a grandeza de Deus e sua soberania, pois ele conhece todos os nossos  dias e buscar sabedoria Nele, para que esses dias sejam bem aproveitados e investidos não neste mundo que se corrompe, mas no Reino incorruptível .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!